Série B

Sampaio não cumpre "receita" de Guardiola e se apega em histórico

Sampaio e Cruzeiro se enfrentam no domingo, às 11h, no Mineirão.

Eduardo Lindoso / Imirante Esporte

- Atualizada em 18/05/2022 às 10h04
Léo Condé tem bom retrospecto no comando do Sampaio
Léo Condé tem bom retrospecto no comando do Sampaio (Ronald Felipe / Sampaio Corrêa)

SÃO LUÍS – Multicampeão, considerado o melhor treinador do mundo pela crítica esportiva mundial, o treinador espanhol Pep Guardiola tem uma teoria na qual ele afirma que um campeonato de pontos corridos é conquistado nas oito rodadas finais, mas é nas oito primeiras que ele é perdido. Nessa perspectiva, o Sampaio Corrêa chegou nesse limite traçado na tese de Guardiola e, na 8ª rodada da Série B, terá pela frente o Cruzeiro, o líder da competição. Nos 21 pontos disputados até agora, a Bolívia Querida conquistou apenas oito e precisa reagir. O histórico entre Sampaio e Cruzeiro sempre beneficiou o visitante, o que é uma esperança para o Tricolor, que vai até Minas no fim de semana. 

VEJA MAIS 

De olho no Cruzeiro, Sampaio Corrêa faz ajustes em treino no Castelão

Sampaio Corrêa pode ter, pela 1ª vez nesta Série B, a "escalação ideal"

Em sua tese, que está no livro “Pep Confidencial”, de Marti Perarnau, Guardiola afirma: “Claro, você pode perder alguns pontos, mas não tantos. Dois ou três pontos atrás, quatro no máximo é tudo que qualquer time pode admitir ao final de oito rodadas”. E nessa “receita”, como gosta de falar o técnico do Manchester City, o Sampaio Corrêa tem pecado.

Nos sete primeiros jogos da equipe treinada por Léo Condé, foram apenas duas vitórias, muito pouco para um time que sonha com acesso, principalmente pelos últimos trabalhos do técnico mineiro no clube. Em 2015, o Sampaio de Condé terminou a Série B na 10ª colocação e, em 2020, na 6ª, ficando muito próximo do acesso.

Se como mandante o Sampaio melhorou após vencer o Vila Nova e alcançar o seu segundo triunfo no Castelão – o time é o 5º melhor neste quesito entre os 20 clubes –, como visitante o time ainda precisa evoluir bastante: foram três jogos e três derrotas.

Histórico bom

Se como visitante o desempenho do Sampaio ainda é ruim nesta Série B, pelo menos o passado recente deixa uma esperança. Nos cinco confrontos oficiais que Sampaio e Cruzeiro fizeram, o mandante nunca venceu. No total dos embates, tem uma vitória para cada lado três empates. Na temporada passada, foram dois empates, em Minas e em São Luís.

Em 2020, a Raposa venceu no Castelão e o Tubarão ganhou no Mineirão. A outra partida oficial foi um novo empate, por 1 x 1, em Minas Gerais, pelo Brasileirão de 1981. 

Com 16 pontos, o Cruzeiro lidera atual Série B e o Sampaio, com oito pontos, é o 11º. Essa partida diante da Raposa será no domingo (22), às 11h, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Essa partida terá transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte.  


 


 

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.