Com apoio do Sampaio

Clubes negociarão com agremiações à frente da Libra

Em pauta, a consolidação de uma contraproposta a ser levada para a “Linha de frente” da criação da Liga

Thiago Bastos / Imirante Esporte

Em pauta, a consolidação de uma contraproposta a ser levada para a “Linha de frente” da criação da Liga
Em pauta, a consolidação de uma contraproposta a ser levada para a “Linha de frente” da criação da Liga (Divulgação Sampaio)

SÃO LUÍS – Os clubes ainda considerados dissidentes da Libra (a Liga dos clubes) que começa a surgir no futebol brasileiro negociarão diretamente com representantes das agremiações que estão à frente neste momento do processo. Um dos clubes que apoia a medida é o Sampaio Corrêa, que participa por meio de sua diretoria de forma ativa das negociações.

Na segunda-feira (16), o membro do departamento Jurídico da “Bolívia Querida” e vice-presidente do clube, Perez Paz, esteve com representantes de outras 24 equipes das Séries A e B do futebol nacional.

Leia também

Inicialmente Sampaio era favorável, porém com ressalvas

ANÁLISE: “A Liga esbarra nos interesses individuais e ainda engatinha”

Em pauta, a consolidação de uma contraproposta a ser levada para a “Linha de frente” da criação da Liga.

Ao Imirante Esporte, o dirigente Perez Paz ratificou a posição do Sampaio favorável à Liga.

“Uma reunião importante dos clubes e dos que não estão formalmente no grupo, mas que podem participar. Pudemos alinhar vários pontos e o mais importante, o Sampaio deu uma demonstração de que somos a favor da Liga mas que somente juntos poderemos transformar a Liga nacional em uma das principais do mundo”, disse.

Um novo encontro entre os que são atualmente a favor com e sem ressalvas da Liga deverá ocorrer nas próximas semanas. Em nota divulgada no Instagram, o Sampaio informou que “a divisão das receitas coletivas deve se dar de forma objetiva, meritocrática e equilibrada, de forma que, respeitando as peculiaridades dos clubes, incentive os comportamentos corretos e não perenize discrepâncias decorrentes de contratos individuais negociados em contexto particular”.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.