Vôlei de Praia

Duplas brasileiras estreiam com vitória no Mundial vôlei de praia

O Campeonato Mundial é o principal torneio da temporada.
Imirante.com, com informações da CBV29/07/2017 às 18h05

VIENA - Um dia perfeito! Este é o resumo do sábado (29) para as duplas brasileiras no torneio feminino do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, em Viena (AUT). A perfeição não se refere somente ao clima agradável na capital austríaca, com temperatura próxima aos 30 graus durante todo o período, mas também diz respeito às cinco vitórias das representantes do Brasil nos cinco jogos disputados.

Na primeira rodada do dia, Ágatha e Duda (PR/SE) estrearam pelo grupo C com boa vitória sobre as quenianas Gaudencia e Too por 2x0 (21/7 e 21/8). Esta foi a primeira partida da jovem Duda em um campeonato mundial adulto. A sergipana prodígio comentou sobre a experiência.

“Era meu sonho jogar este torneio. E começar a competição com vitória dá bastante confiança para os próximos jogos. Não conhecíamos as meninas, então tínhamos muita expectativa. Conseguimos ir bem no primeiro jogo. A Ágatha me deu muita segurança e ajudou bastante nesta minha estreia”, contou Duda.

No grupo I, Maria Elisa e Carol Solberg (PE/RJ) venceram as canadenses Pishcke e Broder por 2x0 (21/14 e 21/15). Enquanto, no grupo H, Bárbara Seixas e Fernanda Berti se recuperaram do revés na primeira partida, e bateram a dupla de Moçambique, Manhica e Muianga, em dois sets (21/4 e 21/6).

As duas últimas partidas com duplas brasileiras no segundo dia do torneio foram mais difíceis e decididas no terceiro set. No grupo A, Larissa e Talita (PA/AL), dupla número um no ranking de entradas da competição, levou a melhor sobre uma equipe da casa, Holzer/Strauss (AUT), por 2x1 (21/11, 19/21 e 15/8). Taiana e Elize Maia (CE/ES) conseguiram o segundo resultado positivo ao passarem por Heidrich e Vergé-Dépré, da Suíça, por 2x1 (26/24, 11/21 e 15/10).

“Fico feliz que estamos mantendo a concentração ao longo do jogo. A equipe suíça é muito forte e resistiu muito, mas a Taiana sacou muito bem hoje”, disse Elize Maia.

Neste domingo (30.07) apenas dois jogos contarão com participação de duplas do Brasil no torneio feminino em Viena. Ágatha/Duda (PR/SE) enfrenta Gordon/Saxton (CAN), às 8h (horário de Brasília). E, às 13h, Larissa/Talita (PA/AL) joga com Day/Branagh (EUA).

As 48 equipes de cada gênero são divididas em 12 grupos com quatro. Ao final da fase de grupos, os dois primeiros colocados de cada chave vão à fase eliminatória. Os quatro melhores terceiros colocados também avançam, enquanto os outros oito terceiros de cada grupo jogam entre si para definir as últimas quatro vagas, e as 32 equipes finais da etapa de mata-mata. Daí por diante o torneio segue em sistema eliminatório direto.

A arena central da etapa, com capacidade para 10 mil pessoas, fica em uma ‘ilha’ no Rio Danúbio, que cruza a capital austríaca. O Campeonato Mundial 2017 contará com duplas de 40 países jogando um total de 216 jogos em nove dias.

O Campeonato Mundial é o principal torneio da temporada, com uma premiação total de 1 milhão de dólares (500 mil para cada naipe), e 1.600 pontos aos campeões no ranking geral. O Brasil é o maior vencedor da competição bianual, tendo conquistado seis títulos entre os homens e outros cinco entre as mulheres (veja a lista completa abaixo).

VENCEDORES DO CAMPEONATO MUNDIAL:

Masculino
1997 – Los Angeles (EUA) - Rogério Ferreira (Pará)/Guilherme Marques (BRA)
1999 – Marselha (FRA) – Emanuel/Loiola (BRA)
2001 – Klagenfurt (AUT) - Mariano Baracetti/Martín Conde (ARG)
2003 – Rio de Janeiro (BRA) – Ricardo/Emanuel (BRA)
2005 – Berlin (ALE) – Marcio Araújo/Fábio Luiz (BRA)
2007 – Gstaad (SUI) – Dalhausser/Todd Rogers (EUA)
2009 – Stavanger (NOR) – Julius Brink/Jonas Reckermann (GER)
2011 – Roma (ITA) – Alison/Emanuel (BRA)
2013 – Stare Jablonki (POL) - Brouwer/ Meeuwsen (HOL)
2015 – Haia (HOL) – Alison/Bruno Schmidt (BRA)

Feminino
1997 – Los Angeles (EUA) - Sandra Pires/Jackie Silva (BRA)
1999 – Marselha (FRA) – Adriana Behar/Shelda (BRA)
2001 – Klagenfurt (AUT) - Adriana Behar/Shelda (BRA)
2003 – Rio de Janeiro (BRA) – Kerri Walsh/Misty May-Treanor (EUA)
2005 – Berlin (ALE) – Kerri Walsh/Misty May-Treanor (EUA)
2007 – Gstaad (SUI) – Kerri Walsh/Misty May-Treanor (EUA)
2009 – Stavanger (NOR) – April Ross/Jennifer Kessy (EUA)
2011 – Roma (ITA) – Juliana/Larissa (BRA)
2013 – Stare Jablonki (POL) - Xue Chen/Zhang Xi (CHI)
2015 – Haia (HOL) – Ágatha/Bárbara Seixas (BRA)

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.