Internacional

Bayern perde Xabi Alonso, mas arranca empate do Shakhtar em Lviv

O confronto de volta está agendado para o dia 11 de março.
Gazeta Esportiva17/02/2015 às 19h52

LVIV - Nesta terça-feira, o Bayern de Munique-ALE conseguiu um bom resultado na busca pela vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Atuando em Lviv, os bávaros visitaram o Shakhtar Donetsk-UCR e arrancaram um empate sem gols, no tenso compromisso de ida. Os comandados de Pep Guardiola atuaram durante boa parte do segundo tempo com um homem a menos, já que Xabi Alonso, em sua centésima exibição no torneio internacional, acabou expulso.

O confronto de volta está agendado para o dia 11 de março, quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), na Arena de Munique.

O Bayern não abriu mão de seu característico toque de bola paciente e criou a primeira chance do compromisso, logo no minuto inaugural. Robben escapou da marcação pelo setor direito e realizou um belo lançamento para Schweinsteiger. O capitão bávaro, livre nas proximidades da área, finalizou de maneira acrobática, mas mandou a bola à direita de Pyatov.

Com três jogados, a formação de Munique voltou a assustar. Em rápida cobrança de falta ensaiada, Robben recebeu um passe rasteiro dentro da área, entretanto, acabou travado no momento da conclusão. Na marca dos dez, o holandês partiu em velocidade pela direita, ganhou da marcação usando a força e executou passe preciso para Thomas Muller. O atacante finalizou na saída de Pyatov, mas a bola não tomou o caminho do gol e acabou afastada pela defesa mineira.

Quando o relógio apontou a marca dos 22, houve o primeiro desentendimento do compromisso. Por retardar a saída de jogo do Shakhtar, após falta em Luiz Adriano, o lateral Rafinha se estranhou com o atacante compatriota e recebeu o cartão amarelo. No minuto seguinte, Xabi Alonso atingiu Alex Teixeira com um carrinho por trás e também acabou advertido pelo árbitro espanhol Alberto Undiano Mallenco. O lance acirrou os ânimos de Srna e Boateng, que trocaram cabeçadas.

Após uma nova ríspida discordância, desta vez envolvendo Gotze e Shevchuk, os comandados de Pep Guardiola criaram uma nova oportunidade, aos 30 minutos: em boa trama pelo setor direito, Thomas Muller recebeu um passe açucarado de Ribéry, nas proximidades da marca penal, mas finalizou mal, de primeira, encobrindo o travessão de Pyatov.

Porém, em sua centésima exibição na Liga dos Campeões da Europa, Xabi Alonso acabou expulso e deixou o Bayern em apuros. O volante espanhol, que já havia desferido um carrinho criminoso em Luiz Adriano, recebeu o segundo cartão amarelo, aos 19 minutos do segundo tempo, após falta por trás em Alex Teixeira e foi para o chuveiro mais cedo. A baixa fez Guardiola sacar o atacante Thomas Muller e promover a entrada do zagueiro Badstuber, para recompor a defesa.

Mesmo com a vantagem numérica, o “brasileiro” Shakhtar não conseguiu criar boas oportunidades de gol. Nem a entrada do meia-atacante Marlos, no lugar do volante Douglas Costa, na marca dos 32, alterou a dinâmica da representação de Donetsk, que tentará a sorte no compromisso de volta, em Munique.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.