Série B

Sampaio Corrêa perde para o Operário Ferroviário e permanece na zona de rebaixamento da Série B

Bolívia Querida desperdiça várias chances no ataque e sofre a quinta derrota na Segundona.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte12/09/2020 às 19h18
Sampaio Corrêa perde para o Operário Ferroviário e permanece na zona de rebaixamento da Série BSampaio Corrêa e Operário Ferroviário se enfrentaram no Estádio Castelão. (Lucas Almeida / L17 Comunicação / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS - O Sampaio Corrêa desperdiçou, na tarde deste sábado (12), uma grande oportunidade de deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro Série B. Em partida válida pela nona rodada da Segundona e disputada no Estádio Castelão, a Bolívia Querida desperdiçou várias oportunidades de gol, foi derrotada por 1 a 0 pelo Operário Ferroviário e permanece entre os últimos colocados da competição nacional.

Leia também:

Pimentinha lamenta derrota em reestreia pelo Sampaio Corrêa

Técnico do Sampaio Corrêa, Léo Condé tem resultado inconclusivo para teste de Covid-19

Embalado pela vitória diante do América Mineiro em seu compromisso anterior na Série B, animado com a possibilidade de deixar o Z4 e jogando em casa, o Sampaio Corrêa avançou as linhas para tomar a iniciativa diante do Operário Ferroviário, mas a equipe visitante se segurou bem e levou o empate sem gols para o intervalo. Na etapa final, o Sampaio melhorou e acumulou chances perdidas no campo de ataque, enquanto o Operário, mais discreto, mostrou eficiência: o experiente atacante Roger aproveitou um erro da defesa tricolor e marcou o gol da vitória do Fantasma aos 31 minutos.

Com apenas quatro pontos em sete partidas, o Sampaio Corrêa permanece na 18ª colocação da Série B e deve perder mais uma posição neste domingo (12), depois da partida entre CSA e Oeste, que estão atrás da Bolívia Querida na classificação da competição nacional. Já o Operário Ferroviário, que se recuperou de duas derrotas consecutivas, chegou aos 15 pontos e assumiu a quinta posição da Segundona.

A próxima partida do Sampaio Corrêa na Série B está marcada para a manhã do próximo domingo (20), às 11h, diante do Avaí, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Antes disso, o Tricolor terá um compromisso pelas semifinais do Campeonato Maranhense: nesta quarta-feira (16), às 19h, o Sampaio recebe o Juventude Samas no Estádio Castelão, depois de vencer o duelo de ida por 4 a 0 em São Mateus do Maranhão. O Operário Ferroviário, por sua vez, enfrenta a líder Ponte Preta no próximo sábado (19), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O jogo

O início do jogo entre Sampaio Corrêa e Operário Ferroviário foi morno, com forte marcação no meio-campo e muitos passes errados das duas equipes. A primeira grande oportunidade foi do Operário: aos 15 minutos, Sávio fez um cruzamento para Tomas Bastos, que não conseguiu o domínio e deixou a bola sair pela linha de fundo. O Sampaio respondeu aos 19, com Marcinho, que finalizou de longe e não levou perigo ao gol visitante.

Sem conseguir boas jogadas no campo de ataque, o Sampaio Corrêa tinha dificuldades para frear os poucos avanços do Operário Ferroviário. Aos 27 minutos, Thomaz recebeu lançamento em profundidade pela direita e fez o cruzamento para Roger, que chutou mal e mandou a bola para fora.

Na reta final do primeiro tempo, o Sampaio Corrêa melhorou e incomodou o Operário Ferroviário. André Luiz, aos 38 minutos, arriscou o chute e assustou o goleiro Thiago Braga. Já aos 46, Marcinho cobrou falta, e Thiago Bastos, bem posicionado, fez uma defesa tranquila.

Sampaio pressiona, mas Operário mostra eficiência

Logo aos dois minutos da etapa final, o Operário Ferroviário levou perigo ao gol do Sampaio Corrêa. Após cobrança de escanteio de Tomas Bastos, Neguete fez o corte parcial, e Pedro Ken apareceu como elemento surpresa para o chute. Mais uma vez, Neguete estava atento e salvou o Sampaio. A tentativa visitante acordou o Sampaio, que iniciou uma pressão no Castelão: aos seis minutos, Robson Duarte avançou pela direita, arriscou a finalização de cobertura, e a bola bateu no travessão. Na sobra, Luis Gustavo finalizou bem, e Thiago Braga espalmou a bola.

Dominante, o Sampaio Corrêa não deu espaço para o Operário Ferroviário respirar e foi em busca do primeiro gol. Gustavo Ramos, aos 16, finalizou pelo Tricolor, e a bola passou perto. Pouco depois, aos 20, Robson Duarte fez o levantamento na medida para uma cabeçada de Marcinho, que foi defendida por Thiago Braga. No minuto seguinte, Pimentinha, que fazia sua reestreia pelo Sampaio, passou pela marcação e acertou a trave do Operário.

Mesmo diante da pressão do Sampaio Corrêa, o Operário Ferroviário não se intimidou e aproveitou a chance que apareceu. Aos 31 minutos, o zagueiro Bonfim fez um lançamento na grande área, Thomaz dividiu a bola com Neguete, e Roger aproveitou a sobra para colocar o Fantasma em vantagem. Satisfeito, o Operário recuou, e o Sampaio voltou ao ataque: Pimentinha, aos 35, passou por quatro marcadores, mas errou a finalização.

O Sampaio Corrêa ainda reclamou de um pênalti não marcado aos 40 minutos, após Roney ser derrubado por Fabiano na grande área. Já aos 48, Jean Carlo teve a chance de marcar o segundo gol do Operário, em chute forte que foi defendido por Neguete. O lance, entretanto, não fez falta ao Fantasma, que deixou o Castelão com a vitória e manteve o Sampaio em seu pesadelo na Série B.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Gustavo (Neguete); Luis Gustavo (Diego Tavares), Joécio, Daniel Felipe e João Victor; André Luiz, Vinícius Kiss e Marcinho (Thiago Santos); Gustavo Ramos (Roney), Robson Duarte (Pimentinha) e Caio Dantas. Treinador: Renatinho

OPERÁRIO FERROVIÁRIO: Thiago Braga; Sávio, Bonfim (Juan Sosa), Reniê e Julinho (Fabiano); Mazinho, Pedro Ken (Clayton), Thomaz (Jean Carlo) e Tomas Bastos; Maranhão (Lucas Batatinha) e Roger. Treinador: Gerson Gusmão

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.