Kitesurf

Maranhenses brilham na Fórmula Kite Ceará

Socorro Reis e Bruno Lima, o Bruninho, confirmaram o favoritismo e conquistaram resultados expressivos.
Imirante Esporte, com informações da assessoria31/08/2020 às 12h15
Maranhenses brilham na Fórmula Kite CearáSocorro Reis e Bruno Lima, o Bruninho, confirmaram o favoritismo. ( Foto: Divulgação / Assessoria)

MARANHÃO - Um desempenho sensacional. Os kitesurfistas maranhenses deram um show na disputa da Fórmula Kite Ceará, competição realizada no último fim de semana na praia de Iracema, no Ceará. Socorro Reis e Bruno Lima, o Bruninho, confirmaram o favoritismo e conquistaram resultados expressivos. Na categoria feminina, Socorro não deu chances às adversárias e ficou com o primeiro lugar e ainda foi terceira colocada no geral (entre homens e mulheres). Já Bruninho, foi o vice-campeão no masculino.

Com os bons resultados na praia de Iracema, a dupla maranhense segue entre as melhores da modalidade no país mesmo após a parada das competições devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A Fórmula Kite Ceará foi o primeiro evento após o período de quarentena e serviu para que os atletas voltassem ao clima de disputa.

Para a campeã Socorro Reis, esse retorno do kitesurf foi desafiador. “Foi um evento desafiador com vento com rajadas de 31 knots. Termino em primeiro lugar no feminino e em terceiro entre os homens. Agora é treinar para o próximo desafio, que será o Campeonato Brasileiro. Vou correr em busca do título de tetracampeã brasileira de hydrofoll”, disse a maranhense que é a atual tricampeã brasileira e campeã Centro e Sul-Americana.

Os fortes ventos também influenciaram o desempenho do jovem Bruno Lima. Bruninho terminou a Fórmula Kite Ceará na segunda colocação e comemorou o resultado após a pausa forçada devido à pandemia.

“A competição foi muito boa, gostei do meu rendimento. Devido à quarentena, treinei bastante em casa e estava bem preparado fisicamente para esta prova. Foi uma das melhores provas que eu já fiz, apesar das condições que foram muito extremas: vento muito forte e mar bem mexido. Eu esperava um vento forte, mas não tanto quanto a gente pegou aqui. Agora é continuar treinando agora para que, nas próximas competições – Campeonato Brasileiro e Copa Brasil de Vela – consiga chegar na primeira colocação. Os treinos vão ser ainda mais intensos”, explicou o maranhense.

Antes da pandemia

Antes da pausa devido à pandemia, a dupla colecionava resultados bastante expressivos a nível nacional e internacional. Nos Jogos Mundiais de Praia, competição realizada no Catar, Socorro Reis foi a única brasileira na disputa, onde teve bom desempenho tendo ficado no top 10 em várias corridas, o que fortaleceu a kitesurfista para a sequência da temporada.

Em seguida, Socorro brilhou no Campeonato Brasileiro e levou o tricampeonato. Na mesma semana, a maranhense não deu chances às adversárias e sagrou-se campeã do Campeonato Centro e Sul-Americano, competição realizada em Praia Brava, em Itajaí, litoral norte de Santa Catarina.

Considerado a principal promessa do kitesurf maranhense, o jovem Bruno Lima foi muito bem no Campeonato Brasileiro, onde terminou o evento com resultados expressivos na categoria Kitesurf Hydrofoil: uma prata, um bronze e um quarto lugar.

No Campeonato Centro e Sul-Americano, Bruninho mostrou bastante evolução e terminou a disputa sendo o brasileiro melhor colocado. O jovem de 19 anos terminou o evento na quarta colocação.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.