Campeonato Maranhense

Moto Club derrota novamente o Maranhão e confirma vaga na final do Campeonato Maranhense

Em busca do bicampeonato estadual, o Papão do Norte enfrentará o Imperatriz na decisão.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte07/04/2019 às 18h26
Moto Club derrota novamente o Maranhão e confirma vaga na final do Campeonato MaranhenseO Moto Club venceu as duas partidas da semifinal contra o Maranhão Atlético. (Diego Chaves / O Estado)

SÃO LUÍS – De maneira incontestável, o Moto Club assegurou a classificação para a final do Campeonato Maranhense na tarde deste domingo (7), no Estádio Castelão. Depois de vencer a primeira partida da semifinal contra o Maranhão Atlético por 2 a 1, na última quinta-feira (4), o Papão do Norte poderia até perder por dois gols de diferença para se classificar, mas a equipe rubro-negra não quis saber de abraçar a vantagem no segundo jogo: com mais uma boa atuação, o Moto venceu novamente o Maranhão, desta vez por 2 a 0, e continua na briga pelo bicampeonato estadual.

Leia também:

Moto Club chega forte para a final do Estadual, afirma Wallace Lemos

Sandow Fecques diz que Maranhão “deu o seu melhor” e projeta disputa da Série D

Com ampla vantagem na semifinal, o Moto Club segurou a pressão do Maranhão Atlético no primeiro tempo e aproveitou bem a sua oportunidade no campo de ataque: aos 36 minutos, Juninho Arcanjo cobrou escanteio na medida para Victor Salvador, que se antecipou aos defensores do MAC e abriu o placar no Castelão. Diante de um Maranhão abatido e com um jogador a menos, depois da expulsão do zagueiro Lucas, o Moto administrou o resultado na segunda etapa e confirmou a vitória aos 48 minutos, com um gol de Paulinho, após assistência de Gleisinho.

Na decisão do Estadual, a equipe do Moto Club enfrentará o Imperatriz, que se classificou após dois empates contra o Sampaio Corrêa. O primeiro duelo da final será disputado nesta quarta-feira (10), às 20h15, no Estádio Frei Epifânio, e a partida de volta está marcada para o próximo sábado (13), às 16h, no Estádio Castelão. Por ter melhor campanha, o Moto terá a vantagem do empate no placar agregado das duas partidas.

Além da vaga na final do Campeonato Maranhense, o Moto Club assegurou classificação para o Campeonato Brasileiro Série D e para a Copa do Brasil de 2020. O Maranhão Atlético, por sua vez, volta agora as suas atenções para a Série D, competição que disputará por ter sido o campeão da Copa FMF em 2018: a estreia do MAC na Quarta Divisão será no dia 5 de maio, contra o Altos (PI), em São Luís.

O jogo

Como precisava de uma vitória por dois gols de diferença para se classificar, o Maranhão Atlético se lançou ao ataque no início de jogo no Castelão, apostando principalmente nos avanços do lateral-direito Denílson. Aos oito minutos, o MAC desperdiçou sua primeira chance: após cruzamento de Marciano, Rodolfo soltou a bola nos pés de Deylon, que chutou fraco e não conseguiu abrir o placar para o Quadricolor. A resposta do Moto veio aos 14, com Juninho Arcanjo, que invadiu a área e tentou o passe para Léo Paraíba, mas Anderson Alagoano, atento, afastou o perigo.

Depois da pressão inicial do Maranhão Atlético, o Moto Club equilibrou o jogo no Castelão. Aos 28 minutos, Rodrigo Ramos não conseguiu afastar cruzamento de Evandro Russo, e a bola sobrou nos pés de Léo Paraíba, que chutou mal, para fora. Pouco depois, aos 30, uma finalização de Evandro Russo passou perto do gol atleticano, enquanto Márcio Diogo, aos 32, acertou a trave de Rodrigo Ramos.

Sentindo o crescimento do Moto Club na partida, a equipe do Maranhão Atlético voltou ao campo de ataque e perdeu mais uma oportunidade aos 35 minutos, com Marciano, que passou como quis pela marcação rubro-negra e chutou forte, para fora. Aos 36, o MAC foi castigado pela chance desperdiçada: após cobrança de escanteio de Juninho Arcanjo, Victor Salvador abriu o placar para o Moto. A situação do Maranhão na partida ficou ainda mais complicada com a expulsão do zagueiro Lucas, após falta em Léo Paraíba.

Moto administra vantagem e confirma vitória no fim

Com as duas mãos na classificação e um jogador a mais em campo, o Moto Club voltou para a segunda etapa com uma postura mais tranquila, diante de um Maranhão Atlético valente, mas sem muita força para pressionar. Aos nove minutos, o Moto quase ampliou a vantagem: após finalização de Evandro Russo, Rodrigo Ramos teve que se esticar todo para fazer a defesa e salvar o MAC.

Como o Maranhão Atlético pouco ameaçava, o Moto Club valorizou a posse de bola, enquanto procurava espaços na defesa atleticana. Aos 25 minutos, Mateus Mendes fez um cruzamento na medida para Léo Paraíba, que fez o desvio de cabeça, mas parou em grande defesa de Rodrigo Ramos.

Na reta final de partida, o time do Moto Club voltou ao ataque em busca do segundo gol. Gleisinho, aos 41 minutos, arriscou de longe e quase marcou um belo gol no Castelão. Resignado, o Maranhão ainda teve a chance do empate aos 43, com Anderson Alagoano, que recebeu cruzamento de Rafael Santos e cabeceou por cima do gol. Já aos 48, o Moto conseguiu o segundo gol: após ser lançado por Diego Renan, Gleisinho deu um passe na medida para Paulinho, que não desperdiçou a chance e decretou o triunfo motense no Castelão.

FICHA TÉCNICA

MOTO CLUB: Rodolfo; Diego Renan, Alisson, Lucas Dias e Mateus Mendes; Naílson, Victor Salvador e Juninho Arcanjo (Wander); Márcio Diogo (Gleisinho), Evandro Russo e Léo Paraíba (Paulinho). Treinador: Wallace Lemos

MARANHÃO ATLÉTICO: Rodrigo Ramos; Denílson, Lucas, Anderson Alagoano e Rodrigo Correia; Willian Daltro, Rafael Santos, Felipe Costa (Maurício) e Deylon; Marciano (Luís Felipe) e Cléber Pereira (Bruno Bacabal). Treinador: Sandow Fecques

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.