Campeonato Maranhense

Julinho Camargo critica arbitragem após derrota do Sampaio Corrêa

Em tropeço diante do Maranhão Atlético, o Tricolor teve um gol anulado no primeiro tempo.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte23/02/2019 às 21h17
Julinho Camargo critica arbitragem após derrota do Sampaio CorrêaJulinho Camargo, técnico do Sampaio Corrêa. (Diego Chaves / O Estado)

SÃO LUÍS – A situação do Sampaio Corrêa no Campeonato Maranhense ganhou contornos dramáticos na tarde deste sábado (23). Após ser derrotado por 1 a 0 pelo Maranhão Atlético, em duelo válido pela sexta rodada do Estadual e disputado no Estádio Castelão, a Bolívia Querida caiu para a quarta colocação do torneio, com os mesmos sete pontos de Pinheiro e São José de Ribamar, que estão fora da zona de classificação para as semifinais por causa do saldo de gols.

Em entrevista à rádio Mirante AM, o técnico Julinho Camargo lamentou a segunda derrota no comando do Sampaio Corrêa e fez críticas ao árbitro Ranilton Oliveira de Sousa, que anulou um gol de bicicleta do atacante Maxuell Samurai no primeiro tempo, quando a partida ainda estava empatada em 0 a 0.

“Acho que a gente fez um primeiro tempo bem organizado, tivemos as ações da partida, sem correr riscos e conseguimos marcar com o Samurai, em um gol mal anulado. O árbitro anulou o gol depois de conversar com os jogadores do Maranhão. Estou indo para o 30º ano de profissão e nunca vi isso, parece futebol de colégio. Estamos passando por um momento ruim, e isso é uma ducha de água fria. Depois eles fizeram o gol e se fecharam. Conseguimos algumas situações, mas não fomos efetivos”, disse o treinador.

Sem tempo para lamentar, o Sampaio Corrêa já volta a campo pelo Campeonato Maranhense na tarde desta quinta-feira (28), às 15h30, contra o Santa Quitéria, no Estádio Pinheirão, em São Mateus. Enquanto o Tricolor briga para avançar às semifinais, a Raposa luta contra o rebaixamento.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.