Copa Sul-Americana

Com gol no fim, Vasco se impõe e derrota o Caracas em São Januário

Cruz-maltino precisa de um empate no jogo de volta para avançar às oitavas da Sul-Americana.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama28/10/2020 às 23h45
Com gol no fim, Vasco se impõe e derrota o Caracas em São JanuárioTiago Reis comemora gol da vitória do Vasco sobre o Caracas. (Divulgação / Conmebol)

RIO DE JANEIRO - O Vasco venceu o Caracas (VEN) por 1 a 0, nesta quarta-feira (28), em São Januário e largou na frente na segunda fase da Copa Sul-Americana. O gol vascaíno foi marcado por Tiago Reis, aos 42 minutos do segundo tempo.

O próximo compromisso do Vasco será neste domingo (1º), diante do Goiás, no Estádio Hailé Pinheiro, também conhecido como Serrinha. Pela Sul-Americana, o confronto de volta diante da equipe venezuelana será na próxima quarta-feira (4), no Estádio Olímpico de la UCV.

O jogo

A primeira chegada do Vasco foi aos 3 minutos. Cayo Tenório tentou o cruzamento para Ribamar, que não alcançou. Aos 9, Vinícius recebeu boa bola de Cayo Tenório, mas acabou derrubado pelo marcador. Aos 18, Talles encarou a marcação pela esquerda, recuou para Léo Gil, que cruzou de primeira, na cabeça de Ribamar, mas o camisa 9 testou pelo alto. Aos 22, Talles recebeu cruzamento de Vinícius e cabeceou fraco, nas mãos do goleiro.

Um minuto depois, Vinícius tocou da direita para Carlinhos, que arriscou o chute da entrada da área, mas a bola desviou e saiu em escanteio. Aos 32, a defesa adversária afastou nos pés de Carlinhos, que arriscou o chute colocado, mas mandou por cima. Aos 42, Vinícius cruzou para Carlinhos chegou finalizando e foi tocado pelo adversário. Pênalti ignorado pela arbitragem.

O primeiro bom ataque do segundo tempo foi aos 5 minutos. Talles lançou Ribamar na esquerda, o camisa 9 arrancou e cruzou para Carlinhos, que não alcançou. Aos 12, Henrique sofreu pênalti. Carlinhos bateu, mas o goleiro fez a defesa. Dois minutos depois, Carlinhos tentou boa enfiada pra Ribamar, mas o goleiro se antecipou. Aos 24, Henrique chegou no fundo e tentou o cruzamento, mas o goleiro se antecipou e fez boa defesa.

O técnico Ricardo Sá Pinto mexeu bastante no setor ofensivo, mas o adversário soube se defender e suportava bem a pressão. O Vasco ainda perdeu Ygor Catatau, expulso, aos 37 do segundo tempo. A persistência deu resultado aos 42. Andrey deu linda bola para Parede, que cruzou para Tiago Reis, bem posicionado, só empurrar para o fundo das redes. Aos 46, Talles tentou da entrada da área, mas o chute desviou na defesa e saiu em escanteio.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.