Com esperanças

Náutico só empata com o CRB em casa e complica luta por acesso

O Timbu aparece na sexta posição com os mesmos 57 pontos.

Gazeta Esportiva

- Atualizada em 27/03/2022 às 11h37

RECIFE - Já foi iniciada a contagem regressiva para o fim da Série B do Campeonato Brasileiro. Em um dos últimos jogos da 36ª rodada, o Náutico só empatou com o CRB em 1 a 1, na Arena Pernambuco, e perdeu a chance de se aproximar ainda mais do grupo de acesso à primeira divisão.

Imediatamente após o apito final, o Timbu aparece na sexta posição com os mesmos 57 pontos de Bragantino e Sampaio Corrêa. São quatro a menos do que o Santa Cruz, último do G4. Restando duas rodadas para o término da competição, Paysandu e Bahia também seguem na briga com 55 pontos. O CRB soma 51 e já não tem mais chances matemáticas de promoção ou descenso.

O jogo

Embalado pela pequena, mas empolgada torcida presente na Arena Pernambuco – que presenciou até pedido de casamento nas arquibancadas, devidamente registrado pelas redes sociais do clube –, o Náutico partiu para cima desde o início.

Consequentemente, quase chegou ao gol aos cinco minutos, quando o lateral direito Rafael Pereira desceu para o ataque e decidiu testar o goleiro Juliano pela primeira vez, tirando tinta da trave. Pouco depois, aos nove, a torcida alvirrubra quase presenciou um golaço. Após linda tabela de letra com Dakson, porém, o atacante Bergson isolou a bola para fora.

As jogadas do Náutico amadureceram até os 24 minutos, quando o placar finalmente foi inaugurado. Porém, o primeiro gol foi marcado pelo CRB. Localizado por Olívio, Pery fez um bonito giro sobre a marcação adversária antes de emendar uma bomba direto para o cantinho esquerdo de Júlio César, que nada pôde fazer para evitar o tento.

A resposta veio pouco depois, quando Dakson quase fez a festa da Arena Pernambuco com uma cobrança de falta. A finalização, no entanto, foi bem espalmada por Juliano. Depois de muito martelar, o Timbu finalmente chegou ao empate aos 37 minutos. Dakson voltou a provar o pé calibrado em cobrança de escanteio na cabeça de Ronaldo Alves, que subiu sozinho em meio à zaga alagoana para igualar o placar.

O retorno para a etapa complementar quase trouxe um novo gol do CRB, mas Júlio César salvou o time do Náutico ao espalmar a tentativa de Leandro Brasília. Pouco depois, Bergson perdeu a chance de desequilibrar para o Timbu ao errar o gol vazio.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.