(Divulgação)

COLUNA

Pergentino Holanda
O colunista aborda em sua página diária os acontecimentos sociais do Maranhão e traz, também, notícias sobre outros estados e países, incluindo informações das áreas econômica e política.
Pergentino Holanda

PH Revista: Beleza, charme e glamour

E mais: Maranhão no Prêmio Jabuti 2023

PH

- Atualizada em 02/12/2023 às 09h14
Capa do PH Revista
Capa do PH Revista

O destaque de Capa do PH Revista deste fim de semana é a deslumbrante decoração da noite de magia e encantamento do Palazzo Eventos para o Grande Gala de Fim de Ano da Coluna PH e do PH Revista

 CLIQUE AQUI E LEIA O PH REVISTA NA ÍNTEGRA

Beleza, charme e glamour

Dos grandes eventos que realizei ao longo de mais de meio século dando vida, beleza e glamour à vida social de São Luís, o Grande Gala de Fim de Ano deste Caderno e da Coluna PH, realizado no último sábado de novembro de 2023, foi, com certeza, o coroamento de uma fase que consegui atingir já no esplendor da maturidade.

Reuni amigos muito especiais, pessoas do meu bem-querer, para uma noitada como poucas vezes se viu no Palazzo Eventos, palco de algumas das mais deslumbrantes promoções com a assinatura deste Repórter PH.

Acrescente-se ao sucesso da noite, o excelente trabalho de cerimonial de Teresa Martins, a belíssima decoração de Cintia Klamt Motta, a participação espetacular do Grupo de Dança da Escola Expressar, com coreografia de Geovânio Araújo e participação dos dançarinos de tango Simone Raucci (italiano) e Ana Carolina dos Santos, dos vocalistas Morgana Storm, Márcio (da Banda Vertigo) e da drag Adriana Bombom, além do competente DJ Edy (de Brasília) e do excelente Grupo Argumento.

Merecem destaque especial as imagens de Etevaldo Júnior, o delicioso buffet de Inácio Gomes, Soraia Fialho e Samira Murad, além dos doces irresistíveis de Elvira Bona, Maria Rita (da Brigaderia) e Márcia Ribeiro (do Doces da Carmita).

Até hoje recebo aplausos pela linda e inesquecível festa, em destaque no PH Revista deste fim de semana.

Com a assinatura do jornalista e poeta Félix Alberto Lima será lançado na próxima terça-feira o projeto multimídia A Curva dos Noventa – Almanaque Cultural do Maranhão
Com a assinatura do jornalista e poeta Félix Alberto Lima será lançado na próxima terça-feira o projeto multimídia A Curva dos Noventa – Almanaque Cultural do Maranhão

Com a assinatura do jornalista e poeta Félix Alberto Lima será lançado na próxima terça-feira o projeto multimídia A Curva dos Noventa – Almanaque Cultural do Maranhão

Curva dos anos 90

O jornalista e poeta Félix Alberto Lima lança na próxima terça-feira o projeto multimídia A Curva dos Noventa – Almanaque Cultural do Maranhão, em evento que começa às 18h, no Convento das Mercês.

O projeto reúne livro, um documentário e um álbum com 12 músicas em formato de vinil, já disponível nas plataformas digitais desde o dia 1º de dezembro.

O almanaque, como o próprio título sugere, é uma leitura de fatos culturais que marcaram a década de 1990 no Maranhão.

Sobre o filme

Segundo Félix Alberto, o livro apresenta mais de duas centenas de verbetes, desde a entrega do centro histórico de São Luís reformado até os primeiros sopros de metropolização com a abertura da avenida Litorânea, com episódios inventariados em entrevistas e pesquisas em jornais, revistas, vídeos e fotografias da época. 

No documentário de cerca de uma hora de duração, a década de 1990 é retratada por meio de depoimentos de vários personagens com íntima relação com cultura, atitude e comportamento no Maranhão, como Tácito Borralho, Roberto Brandão, Celso Borges, Lúcia Santos, Eduardo Júlio, Alex Palhano, Aziz Júnior, Paulo Melo Sousa, José Pereira Godão, Flávia Regina e outros.

Releituras musicais

O álbum musical é um capítulo à parte do projeto A Curva dos Noventa.

Pontuada pela gravação de inúmeros discos e pela profusão de shows de artistas maranhenses, muitos deles com público expressivo, a década foi marcada pela forte presença da música do Maranhão nas rádios.

O disco traz 12 releituras de músicas que, de alguma forma, retratam os anos 1990, com novos arranjos e novas interpretações.

Santacruz, Zeca Baleiro, Paulão, Núbia, Lia Anastácia, Regiane Araújo, Cecília Leite, Camila Bouéri, Preto Nando, Emílio Sagaz, Gabriela Marques, Cena Roots, Bicho Terra, Glad Azevedo, Luma Pietra e Anna Torres são alguns dos nomes presentes no álbum.

O Repórter PH com o artista plástico Fernando Mendonça, um dos mais aplaudidos de sua geração, cujos trabalhos mais recentes continuam expostos para visitação na Galeria Floriano Teixeira, ao lado do MHAM
O Repórter PH com o artista plástico Fernando Mendonça, um dos mais aplaudidos de sua geração, cujos trabalhos mais recentes continuam expostos para visitação na Galeria Floriano Teixeira, ao lado do MHAM

DE RELANCE

Maranhão no Prêmio Jabuti 2023

O livro “Tambores”, resultado do projeto “São Luís sob a Luz dos Tambores”, desenvolvido pelo Foto Clube Poesia do Olhar, é um dos cinco finalistas do Prêmio Jabuti 2023, que é a maior premiação literária do Brasil.

A obra, que é finalista na categoria Eixo Inovação – Fomento à Leitura, faz uma conexão fotográfica com o romance “Os Tambores de São Luís”, de Josué Montello, que narra a saga do povo negro do Maranhão.

A cerimônia do Prêmio Jabuti 2023 está marcada para a próxima terça, dia 05, no Theatro Municipal de São Paulo.

Adriano Almeida e Márcio Melo estarão na premiação representado o grupo Poesia do Olhar.

Ele passou perto de mim

Certa vez, eu estava hospedado no Hotel Waldorf Astoria, em Nova York, quando avistei, na recepção, o ex-secretário de Estado norte-americano Henry Kissinger, considerado o principal nome da diplomacia dos EUA no pós-Segunda Guerra.

Ele morreu na quarta-feira (29) aos 100 anos .

Polêmico, Kissinger foi agraciado com o Nobel da Paz, mas deixou suas digitais em episódios como o apoio americano ao golpe militar do Chile em 1973 e a invasão de Timor-Leste, além da Guerra do Vietnã.

Gênio da diplomacia para alguns, criminoso de guerra para outros.

Dezembro Laranja

A Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) lançou, no último dia 30, sua tradicional campanha Dezembro Laranja, de conscientização sobre o câncer de pele.

O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi iluminado de laranja para simbolizar o início da ação, que irá se estender durante todo o mês de dezembro.

O evento contou com a participação da diretoria da SBD e reuniu parceiros e colaboradores da instituição em um coquetel na capital carioca.

Eleição no TRT-16-MA

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão) elegeu ontem a desembargadora Márcia Andrea Farias da Silva como presidente e o desembargador Francisco José de “Carvalho Neto” como vice-presidente e corregedor.

A Sessão Administrativa Extraordinária Presencial da eleição foi realizada no plenário, localizado no prédio-sede do TRT-16-MA. Os eleitos serão os novos dirigentes do Tribunal no Biênio 2024/2025.

Os integrantes do Pleno elegeram, em sessão anterior, a desembargadora Solange Cristina Passos de Castro como diretora da Escola Judicial (EJUD-16) e o desembargador Luiz Cosmo da Silva Júnior para o cargo de ouvidor.

Os novos dirigentes eleitos receberam manifestações públicas de sucesso na condução da nova administração da Corte.

Parrilla de frutos do mar

Faço coro com Rosane de Oliveira quando diz que seu restaurante preferido em Buenos Aires não é o Don Julio, a famosa casa de carnes para a qual é preciso fazer reserva com dois ou três meses de antecedência. É o Sorrento, que fica bem no início do Puerto Madero.

Conheci esse lugar há alguns anos e Rosane conta que está ainda melhor agora.

Como não como carne vermelha, lá tem uma parrilla de frutos do mar inesquecível. Com camarão, salmão, lula, polvo, peixe branco, vieira, mexilhão e legumes grelhados.

Com vinho branco fica espetacular. Mas também tem carnes e massas.

 

O empresário Luciano Gomes com a filha Giovanna, na comemoração dos 24 anos dela, cuja festa, que reuniu suas melhores amigas, foi realizada ontem à noite no Edifício Porto Fino, no Renascença
O empresário Luciano Gomes com a filha Giovanna, na comemoração dos 24 anos dela, cuja festa, que reuniu suas melhores amigas, foi realizada ontem à noite no Edifício Porto Fino, no Renascença

Fim da mamata

Merecia um prêmio de criatividade quem dá o nome às operações da Polícia Federal. Evidenciam o espírito da expedição, sintetizando exatamente o cerne da ilegalidade, a hipocrisia do contraventor.

Na última semana, foi notícia a diligência batizada de Operação Hipócrates, que se refere ao voto de honestidade e altruísmo tradicionalmente realizado na formatura de turmas de Medicina.

A PF se pôs a desmascarar nobres servidores de jalecos que andam contrariando o juramento. Investiga possíveis crimes de peculato, falsidade ideológica ou estelionato contra um hospital de Santa Catarina, praticados por médicos concursados.

Fim da mamata...2

Estão sendo executados 11 mandados de busca e apreensão, envolvendo 10 funcionários que, apesar de seus contracheques polpudos, na faixa dos R$ 30 mil, batiam o cartão e não se encontravam na instituição.

Há indícios de que esses médicos viviam de ilusionismo. Enganavam os controles de entrada e saída. Registravam o início da jornada e partiam para outras atividades, em clínicas particulares e diversos hospitais. Retornavam somente no fim do dia, para fingir o encerramento no serviço.

Acumulavam salários sem trabalhar num dos locais.

São alguns médicos, não toda a categoria. E estes ainda estão sendo averiguados por suposta conduta imprópria, sem nada conclusivo a respeito deles.

TRIVIAL VARIADO

Pesquisa do IBGE mostra recorde na série histórica, com 100,2 milhões de brasileiros em atividade, marca alcançada a partir do acréscimo de 862 mil pessoas nos últimos três meses nos mercados formal e informal.

Tem mais: já a taxa de desocupação entre agosto e outubro ficou em 7,6%, a menor desde o trimestre encerrado em fevereiro de 2015, quando era de 7,5%.

O exemplo vem do Rio Grande do Sul: para ampliar a presença de pessoas negras e indígenas nos tribunais, a Escola da Magistratura da Associação dos Juízes daquele estado (Ajuris) vai lançar um novo curso.

Serão 20 vagas gratuitas para graduados em Direito autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. O objetivo é ajudar na preparação para o concurso de juiz.

Curiosidade sobre o jogo. Com troca de parceiros ao longo da partida, o jogo serviu de metáfora para o livro O Quatrilho (1985), de José Clemente Pozenato, ambientada na região de colonização italiana no início do século 20.

A obra também fez sucesso no cinema, com o filme de mesmo nome, de Fábio Barreto, que levou o Brasil a concorrer ao Oscar em 1996.

As opiniões, crenças e posicionamentos expostos em artigos e/ou textos de opinião não representam a posição do Imirante.com. A responsabilidade pelas publicações destes restringe-se aos respectivos autores.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram, TikTok e canal no Whatsapp. Curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.