Em Anápolis

Travesti do Maranhão é morta a tiros durante assalto em Goiás

A vítima, identificada como Paulina, era de Imperatriz (MA) e estava em Anápolis (GO) há uma semana. Suspeitos foram presos após o crime.
Imirante.com, com informações do G1 Goiás 15/06/2020 às 14h53
Travesti do Maranhão é morta a tiros durante assalto em GoiásTravesti, identificada como Paulina, de Imperatriz (MA) é morta a tiros durante assalto em Anápolis (GO). (Foto: Reprodução)

ANÁPOLIS - Na madrugada desse sábado (13), uma travesti, identificada como Paulina, morreu a tiros após alegar que não tinha celular durante um assalto. A vítima era de Imperatriz (MA) e estava em Anápolis (GO) há uma semana.

Segundo a Polícia Civil de Goiás, a vítima estava acompanhada de outra travesti quando elas foram surpreendidas por dois homens, que estavam em um veículo. Os criminosos pediram que as duas entrassem no carro para um programa. Logo depois, anunciaram o assalto.

"A travesti que estava com a vítima contou que elas entraram no carro e os dois suspeitos apontaram a arma pedindo que elas entregassem os objetos. Uma delas conseguiu fugir. A outra disse que não tinha nada. Foi aí que um dos suspeitos teria efetuado vários disparos de arma de fogo contra a vítima e depois a abandonou na rua", disse o delegado Cleiton Lobo.

Ainda de acordo com a polícia, após o crime, foi feita uma denúncia anônima informando onde estaria um dos suspeitos. Ao chegar ao local, a equipe conseguiu prender o homem.

Os policiais localizaram o autor dos disparos, o outro homem suspeito que estava no carro no momento do crime e outras duas pessoas que ajudaram a esconder a arma e o veículo. Os três homens e uma mulher foram encaminhados para o presídio de Anápolis e poderão responder pelos crimes de latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e receptação.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.