Baixa

Regina Duarte deixa cargo de secretária especial de Cultura do governo Bolsonaro

Anúncio foi feito pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (20).
Imirante.com20/05/2020 às 10h36
Regina Duarte deixa cargo de secretária especial de Cultura do governo BolsonaroRegina Duarte. (Foto: Adriano Machado)

BRASÍLIA - A atriz Regina Duarte deixou o cargo de secretária especial de Cultura. O anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira (20). Em publicação em uma rede social, Bolsonaro disse que a atriz assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

Leia também:

Ninguém melhor do que Regina Duarte para a Cultura, diz Bolsonaro

Regina Duarte fala sobre unir classe artística: "a resistência vai bater forte"​

Regina Duarte diz que buscará diálogo e pacificação no setor cultural​

"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", afirmou o presidente.

A Cinemateca Brasileira é a instituição responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira e é vinculada à Secretaria da Cultura.

Com a missão de “pacificar” o embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o governo federal, Regina Duarte assumiu a pasta em 4 de março deste ano.

Trajetória de Regina Duarte na secretaria

A atriz Regina Duarte foi convidada pelo presidente para assumir o cargo de secretária especial da Cultura após a exoneração do dramaturgo Roberto Alvim, no dia 17 de janeiro, um dia após copiar o discurso do ministro nazista Joseph Goebbels em um vídeo oficial.

Questionado sobre a permanência de Regina no governo, Jair Bolsonaro disse que só presidente e vice não podem ser trocados.

Protestos

Vários atores, diretores e produtores se reuniram para uma campanha virtual que exige providências de Regina Duarte e durante a crise do coronavírus. Diversos vídeos foram publicados por meio das redes sociais e todos fazem a mesma pergunta: "Cadê você, Regina?".

Dentre as maiores dúvidas do cenário artístico nacional, está o questionamento de quando o Fundo Nacional de Cultura será liberado. De acordo com o grupo, a secretária de cultura de Jair Bolsonaro não tem providenciado ajuda para a classe artística, destacando que as produções audiovisuais estão suspensas e teatros fechados."

Alguns artistas também cobram pronunciamento de Regina Duarte diante das mortes recentes de ícones da cultura brasileira que sequer receberam uma nota de pesar do governo.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.