Você viu?

Aos 61 anos, cortador de grama é aprovado em enfermagem no Pará

A foto da mãe, de 90 anos, cortando o cabelo dele viralizou nas redes sociais.
Imirante.com, com informações do G1 PA05/02/2020 às 09h06
A mãe de Alcyr cortou o cabelo dele após aprovação no vestibular. Foto: Arquivo Pessoal.

BELÉM (PARÁ) – A história de Alcyr Ataíde Carneiro, aprovado na Universidade Federal do Pará (UFPA) com seus 61 anos, depois de uma longa jornada de estudo e trabalho é uma inspiração e exemplo de que nunca é tarde mesmo para lutar pelos sonhos.

A foto da mãe dele, de 90 anos, cortando o cabelo do calouro viralizou nas redes sociais. Alcyr já foi recenseador, cobrador de ônibus, trabalhou com serviços gerais e foi cortador de grama durante 23 anos. Agora, ele vai estudar para ser enfermeiro.

O nome dele saiu no listão da UFPA no último dia 30 de janeiro. O dia de glória veio após quase um ano de muita luta. E tome luta: Alcyr trabalha de domingo a domingo pela manhã, ingressou no cursinho pré-vestibular em março de 2019, onde estudava pela tarde e fazia as revisões à noite.

Um sobrinho, que é médico, ajudava doando roupas usadas já que o tio não tinha condições de comprar tantas. Chegou a ganhar também do sobrinho um jaleco que virou uma espécie de “talismã”. Com o jaleco, Alcyr já vislumbrava o futuro, em seu quarto na casa alugada que mora com a mãe.

No dia que saiu o resultado, tradicionalmente divulgado pelas rádios do Pará, ele estava ao lado de seu cachorro. Ao ouvir seu nome na lista de aprovados do curso de enfermagem, não conteve os gritos de alegria e correu para abraçar a mãe.

A foto da mãe dele cortando seu cabelo foi compartilhada por parentes, e o calouro recebeu muitas mensagens positivas.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.