Na frente do filho

Após briga de trânsito, PM do Maranhão mata policial de Teresina

Testemunhas disseram que o filho do policial piauiense ainda pediu que Francisco Ribeiro dos Santos não atirasse contra o pai.
Imirante.com01/02/2019 às 15h00
o crime aconteceu nesta sexta-feira (1º).

TERESINA – O cabo da Polícia Militar do Piauí (PMPI), identificado como Samuel de Sousa Borges, foi assassinado com três tiros nesta sexta-feira (1º) após uma briga de trânsito com o PM Francisco Ribeiro dos Santos, lotado no 11º Batalhão da PM de Timon.

Leia também:

Briga de trânsito foi causa da morte de motorista de Uber, afirma pai de passageiro

De acordo com as primeiras informações, Samuel Sousa Borges estava indo deixar o filho na escola quando teve início a discussão. O garoto estava na garupa da moto. Testemunhas disseram que o filho do policial piauiense ainda pediu que Francisco Ribeiro dos Santos não atirasse contra o pai.

Samuel Sousa Borges ainda foi socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O corpo já foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Teresina.

O PM Francisco Ribeiro dos Santos, de Timon, foi preso pelo delegado Willame Morais, que deixava o filho em uma escola da região.

A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo o delegado, o filho da vítima foi socorrido por funcionários de uma escola próximo ao local da ocorrência. "Ele está em choque", afirmou o delegado Willame Morais.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.