Atentado

Filho de Bolsonaro diz que agressão ao candidato já era temida

“É verdade que o meu pai sofreu um atentado em Juiz de Fora", afirmou Flávio Bolsonaro.
Imirante.com/Agência Brasil06/09/2018 às 18h38
Filho de Bolsonaro diz que agressão ao candidato já era temidaflávio bolsonaro

O deputado estadual Flávio Bolsonaro (RJ), filho mais velho de Jair Bolsonaro, disse que o risco de o pai sofrer agressão "era prevista por pessoas mais próximas" e avaliou que pode ser resultado do que o candidato defende na campanha. “Quem ainda não percebeu contra o que a gente está lutando acho que hoje foi mais uma prova. A gente sempre sabia que isso podia acontecer. A gente tem se prevenido e tem evitado muita coisa, mas quando acontece como aconteceu hoje é que a ficha cai", afirmou..

Flávio Bolsonaro, que está a caminho de Juiz de Fora, onde seu pai foi esfaqueado, gravou uma mensagem de áudio dizendo que o candidato foi medicado e que o ataque “foi um susto”. Além de confirmar que seu pai foi ferido, ele agradeceu a preocupação das pessoas que têm se manifestado e pediu orações.

“É verdade que o meu pai sofreu um atentado em Juiz de Fora. Um vídeo bastante impactante. Uma pessoa no meio da multidão tenta dar uma facada no coração dele. Graças a Deus tinha um rapaz que percebeu a hora em que ele ia enfiar a faca e conseguiu desviar o braço do cara que tentou matar meu pai, mas está tudo bem com ele, que está em Juiz de Fora. Foi medicado lá. Foi só susto. Obrigado a preocupação de tudo mundo. Para tranquilizar vocês que está tudo bem com ele e pedir que intensifique as orações por nós”, afirmou.

Com ou sem colete?

Após ser ferido com uma faca durante um ato na tarde desta quinta-feira (6), em Juiz de Fora, Minas Gerais, Jair Bolsonaro virou o assunto mais comentados nas redes sociais. De acordo com informação divulgada pelo jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o candidato à presidência usava um colete à prova de balas sob a camiseta que usava durante o ato.

Segundo o jornalista, a informação foi repassada pela equipe de segurança à família de Bolsonaro. Mais tarde, no entanto, Flávio Bolsonaro negou que o pai estivesse com colete na ocasião.

Quem é o suspeito

No momento em que foi ferido, Bolsonaro fazia corpo a corpo com os eleitores e era carregado por apoiadores de sua campanha, quando um homem se aproximou para ferir o candidato.

e acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar, suspeito de ter dado a facada foi identificado como Adélio Bispo de Oliveira. Ainda segundo a polícia, após ferir o candidato, o suspeito foi espancado por pessoas que acompanhavam o ato e Bolsonaro.

No momento em que foi esfaqueado, Bolsonaro estava sendo carregado nos ombros por um apoiador de sua campanha, fazendo corpo a corpo com eleitores, na região do Parque Halfeld. Enquanto ele acenava para os simpatizantes de sua candidatura, o homem se aproximou e deu uma facada no presidenciável.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.