Violência

Por ciúmes, homem mata seis pessoas em casa de prostituição

A garota e o cliente, alvos principais, foram mortos na ação.
Imirante22/12/2016 às 18h09

JABOTICABAL - Um homem, identificado como William Roberto Ferreira Costa, de 27 anos, matou seis pessoas e deixou outras seis feridas, nessa quarta-feira (21), em uma casa de prostituição na cidade Jaboticabal, interior de São Paulo.

De acordo com informações da polícia, o crime aconteceu depois que um cliente se desentendeu com uma garota de programa que estava com outro homem e teria negado o “programa”. O crime teria acontecido por ciúmes.

Ainda segundo policiais locais, depois da negativa ele foi até o carro, pegou um revólver calibre 38, e começou a disparar. William Roberto fugiu a pé e deixou o seu carro estacionado em frente ao local do crime.

Segundo o registro do boletim de ocorrência (BO), além da garota de programa e do empresário, também foram assassinadas a dona da casa de prostituição, Leonilda Lucindo, de 72 anos, e a neta dela, Elaine Cristina Lucindo da Silva, de 29 anos, que trabalhava como garçonete no local.

O barman, identificado como Zacarias Castor Ataídes, de 55 anos, e outra garota de programa, Maria Lucia do Carmo Alvarenga, de 46 anos, natural de Goiânia (GO), também foram baleados e morreram. Uma das vítimas chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

William Roberto Ferreira Costa se entregou, nesta quinta-feira (22), acompanhado do seu advogado. A polícia não divulgou o local onde o suspeito está preso por motivo de segurança.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.