Investigação

Pai, avô e tia de criança desaparecida são presos em Belágua

Familiares do bebê Jonhatan são suspeitos de participação no desaparecimento.
Imirante.com26/06/2019 às 22h14
Pai, avô e tia de criança desaparecida são presos em BeláguaTadeu Nascimento dos Santos foi preso nesta quarta-feira (26). (Reprodução / TV Mirante)

BELÁGUA – A Polícia Civil efetuou, nesta quarta-feira (26), a prisão de Tadeu Nascimento dos Santos, pai do bebê Jonhatan Alves dos Santos, de dois meses, que está desaparecido desde a última sexta-feira (21), no município de Belágua, a 279km de São Luís.

Leia também: Paradeiro de bebê desaparecido em Belágua ainda é desconhecido

Além de Tadeu Santos, outras duas pessoas foram presas: Raimundo Alves dos Santos, avô paterno de Jonhatan, e Marilene Nascimento dos Santos, tia da criança desaparecida. De acordo com a Polícia Civil, as prisões são temporárias, válidas por cinco dias e necessárias para as investigações, já que os três detidos são suspeitos de participação no desaparecimento do bebê.

Entenda o caso

Um bebê de apenas dois meses está desaparecido desde a última sexta-feira (21), em Belágua. O paradeiro do bebê, identificado como Jonhatan Alves dos Santos, ainda é desconhecido e vem intrigando a população do município.

Informações preliminares apontam que a criança sumiu enquanto estava deitada em uma rede na casa dos seus próprios pais. De acordo com testemunhas, um casal foi visto carregando um bebê em uma motocicleta. A polícia, assim como os moradores, seguem mobilizados na busca por informações do paradeiro do pequeno Jonhatan.

Em pronunciamento após protesto na noite de domingo (23), equipes do Corpo de Bombeiros do Maranhão, da Polícia Militar e da Polícia Civil, informaram que nenhuma hipótese está sendo descartada e pediram cautela dos moradores, de forma a contribuírem com as investigações do caso.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.