Assustador

Terremoto de magnitude 4.6 atinge o Maranhão

Segundo relatos, prédios chegaram a ser evacuados.
Imirante.com03/01/2017 às 10h07
Tremor foi sentido em vários prédios da capital, como no Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Foto: Reprodução.

SÃO LUÍS – Na manhã desta terça-feira (3), moradores de alguns bairro de São Luís e de outros municípios do Estado relataram ter sentido um tremor de terra por volta das 9h45.

Ainda não se tem conhecimento sobre o que aconteceu de fato. Segundo relatos, o tremor foi sentido em prédios como o da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio), do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) e do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), campus Monte Castelo.

Leia também:

Tremor de terra é comentado, por maranhenses, pelas redes sociais;

Tremores foram sentidos na Itália, Peru e Fiji, nas últimas horas;

Tremores sentidos em São Luís viram piada nas redes sociais.

"Pensei que era uma caminhão pesado passando aqui na rua, mas tava vendo relatos aqui de que outras pessoas sentiram. A porta do meu quarto e a cama começaram a tremer", afirma moradora do bairro Quintas do Calhau.

De acordo com dados do relatório do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), foi registrado um terremoto de magnitude 4.6 no município de Belágua, no Maranhão.

Dados do Centro de Sismologia da USP. Foto: Reprodução.

Em municípios do Piauí, o mesmo tremor, também, foi relatado.

Chile

Há algumas semanas, foi registrado um terremoto de 7.7 pontos na escala Richter no sul do Chile. A informação foi confirmada pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos. De acordo com o relatório, o epicentro ocorreu a cerca de 40 quilômetros de Quellón, na Ilha de Chiloé.

O tremor foi sentido às 12h22, no horário de Brasília.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2017 - Todos os direitos reservados.