Crueldade

Adolescentes são mortas após cavarem a própria cova em Timon

As vítimas eram moradoras do conjunto Água Mineral, na Zona Norte de Teresina, no Piauí.
Imirante.com, com informações do G1 PI22/03/2021 às 12h31
Adolescentes são mortas após cavarem a própria cova em TimonO caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Timon, que tem como titular o delegado Joelson Carvalho. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

TIMON – Duas adolescentes, identificadas como Maria Eduarda, de 17 anos, e Joyce Ellen, de 16 anos, foram torturadas e mortas na cidade de Timon, na tarde do último sábado (20). As vítimas eram moradoras do conjunto Água Mineral, na Zona Norte de Teresina, no Piauí.

Segundo informações do delegado Joelson Carvalho, titular da delegacia de homicídios de Timon, as adolescentes foram obrigadas a cavar a cova onde seriam enterradas depois de mortas. O crime foi filmado pelos criminosos e divulgado em redes sociais.

As investigações apontam que o duplo homicídio teria relação com briga de entre facções criminosas.

"É típica de 'tribunais do crime' [vinganças praticadas por grupos criminosos] a maneira com que essas jovens foram assassinadas, tudo indica que foi isso. Mas nas investigações nós percebemos que elas não tinham ligação com facções, possivelmente elas se envolveram com alguém que teria ligação e isso gerou essa barbárie", contou o delegado.

Os corpos das adolescentes foram encontrados em uma cova rasa no conjunto Parque Aliança, em Timon, no domingo. Segundo a polícia apurou com as famílias das vítimas, elas saíram da casa por volta das 15h de sábado (20) e não voltaram mais.

Testemunhas afirmam que uma terceira jovem estaria com elas, e a polícia está investigando se essa garota foi também vítima ou se teria participado do crime, levando as jovens para Timon.

A polícia iniciou as investigações após o pai de uma das adolescentes ir até a Central de Flagrantes de Timon registrar boletim de ocorrência sobre o desaparecimento da filha e sua possível morte.

O pai relatou que recebeu informações, no domingo (21), de que a filha tinha sido vista em Timon e que já estava morta.

A polícia também recebeu a informação de que um corpo tinha sido encontrado enterrado em uma cova em Timon. Durante buscas na área, feitas por policiais militares, bombeiros, policiais civis e guardas municipais, foram descobertos os dois corpos.

O caso segue sendo investigado, nenhum suspeito foi preso nem identificado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.