Agricultura familiar

Inscrições de agricultores para aquisição de alimentos abrem dia 26

O programa contribui com a redução da insegurança alimentar na população em vulnerabilidade social da capital.
Imirante.com, com informações da Prefeitura de São Luís23/10/2020 às 07h33
Inscrições de agricultores para aquisição de alimentos abrem dia 26Prefeitura de São Luís vai adquirir com produtores diversos tipos de frutas, verduras e legumes. (Foto: Divulgação)

SÃO LUÍS - Agricultores e demais produtores familiares da capital terão oportunidade de fornecer alimentos em mais uma etapa do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A Prefeitura de São Luís abre inscrições para cadastro no programa, que vai de 26 de outubro a 13 de novembro (de segunda a quinta-feira, das 9h às 17h; e sextas, das 9h às 12h), na sede da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), na rua Celso Magalhães, nº 78, Centro.

Serão 93 produtores familiares selecionados para o fornecimento de produtos de origem vegetal e animal para atender esta etapa do programa. A ação integra a política de segurança alimentar da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Podem se inscrever produtores familiares individuais que tenham a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), além de apresentar RG, CPF, comprovante de residência e ficha de inscrição preenchida, que será entregue na secretaria. O cadastramento atende exigência do programa para aquisição de alimentos da agricultura familiar, na modalidade Compra com Doação Simultânea. Nesta forma, a prefeitura adquire diretamente dos produtores e faz a entrega às comunidades em situação de vulnerabilidade social.

Esta etapa prioriza agricultores familiares quilombolas, extrativistas e assentados; participantes do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) ou inseridos no CadÚnico; mulheres trabalhadoras rurais do Pronaf e agricultores familiares participantes do PAA. Nesta etapa do programa, a Prefeitura de São Luís vai adquirir com os produtores diversos tipos de frutas, verduras e legumes, além de mel e polpa de frutas.

Os itens do PAA são destinados a usuários inscritos nos Centros de Referência e Assistência Social (Cras) coordenadas pela Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas). O programa contribui com a redução da insegurança alimentar na população em vulnerabilidade social da capital, bem como o fortalecimento da agricultura familiar no município.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.