Pelo Baixa Renda

Famílias podem ter até 65% de desconto na conta de luz

O programa beneficia famílias com renda mensal de até meio salário mínimo.
Angra Nascimento / Imirante Imperatriz24/08/2018 às 13h36
Famílias podem ter até 65% de desconto na conta de luzOs dados levantados pela Cemar, até julho de 2018, apontam que mais de 220 mil famílias que já possuem cadastros nos programas do Governo Federal. (Foto: divulgação)

IMPERATRIZ - Criado pelo Governo Federal para beneficiar as unidades residenciais de famílias com baixa renda, o Programa Tarifa Social Baixa Renda, consiste na redução da tarifa de consumo de energia elétrica em até 65%, para famílias com renda mensal de até meio salário mínimo e, para Indígenas e Quilombolas, que possuem o consumo de até 50kwh, o desconto chega a 100%.

Os dados levantados pela Cemar, até julho de 2018, apontam que mais de 220 mil famílias que já possuem cadastros nos programas do Governo Federal e atendem a todos os critérios exigidos pelo programa, ainda não recebem o benefício, por não ter realizado cadastro junto a Companhia, ou mesmo, apenas por não atualizá-los. As cidades de São Luís, Imperatriz e São José de Ribamar, lideram o ranking de municípios com o maior número de famílias com direito ao benefício, porém sem ganhar o desconto por conta do cadastro desatualizado.

Realizar o cadastro, ou até mesmo renová-lo é bem simples, basta ir a qualquer agência de atendimento da Cemar, com a última conta de energia, levando o cartão do benefício com o Número de Inscrição Social – NIS, (caso não possua o NIS é necessário procurar a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura, CRAS da cidade em que você reside) RG e CPF. No caso das famílias indígenas, a Carteira de Identidade pode ser substituída pelo Registro Administrativo de Nascimento do Indígena (RANI).

Os descontos podem ser de 10% a 65% na tarifa de energia elétrica, calculados e fixados pela ANEEL, o que faz muita diferença no orçamento de uma família. É importante destacar que os descontos variam de acordo com o consumo de energia elétrica da residência, sendo que as residências com menor consumo têm descontos maiores. Um consumo mais elevado pode tirar o cliente da faixa de descontos do programa.

Por se tratar de um desconto na fatura, a tarifa social é um incentivo ao cidadão para manter as faturas em dia, além de ter boas práticas de economia para não desperdiçar energia elétrica.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.