Amor de mãe

Vítima de acidente com ônibus na BR-153 morre abraçada a filho bebê

Segundo os bombeiros, o bebê teve apenas ferimentos na perna e foi levada para o hospital.
Imirante.com / com informações do G128/01/2019 às 11h06
Vítima de acidente com ônibus na BR-153 morre abraçada a filho bebêAcidente teve saldo de dois mortos e 41 feridos. (Foto: divulgação)

GOIÂNIA - Após o grave acidente envolvendo um ônibus que ia da cidade de São Mateus do Maranhão (MA) para São Paulo (SP), que aconteceu na madrugada desse domingo (27), no km 499 da BR-153, em Goiânia (GO), bombeiros contam que uma das duas vítimas morreu abraçada ao filho de seis meses de vida.

Segundo os bombeiros, o bebê teve apenas ferimentos na perna e foi levada para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueiria (Hugol), em Goiânia (GO). “Ela estava com a mão em cima da cabecinha dele. Ele estava quietinho. Na hora, ela deixou de apoiar em qualquer lugar para salvar o filho dela. Infelizmente, não deu para salvarmos a mãe, mas o bebê está bem”, disse o soldado do Corpo de Bombeiros Beadnel Gomes Silva Filho.

De acordo com informações de outros passageiros, outro filho da vítima, de 17 anos, estava na poltrona ao lado da que a mãe estava sentada. Ele sobreviveu. Outros dois parentes também viajavam no ônibus.

Entenda o caso

O acidente ocorreu por volta das 2h40, no km 499 do perímetro urbano da BR-153, no Jardim Goiás, região sul de Goiânia. Os bombeiros têm uma unidade de resgate 24 horas em um ponto de apoio da Defesa Civil, que fica a 400 metros do local. Por isto, a primeira equipe chegou ao local em menos de 2 minutos.

O acidente teve o saldo de dois mortos e outros 41 feridos. O ônibus caiu de um viaduto e ainda bateu em um poste, enquanto passava no perímetro urbano de Goiânia (GO), a caminho de São Paulo (SP).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.