Vacina infantil da Pfizer

Maranhão recebe nesta sexta-feira 50 mil doses de vacina para imunizar crianças contra a Covid-19

Segundo a SES, a distribuição vai iniciar para a Grande Ilha, ainda nesta sexta, e, a partir de sábado (15), para os demais municípios por via aérea e terrestre.
Imirante.com14/01/2022 às 09h06
Maranhão recebe nesta sexta-feira 50 mil doses de vacina para imunizar crianças contra a Covid-19Vacina da Pfizer é a única autorizada no Brasil para imunizar crianças contra a Covid-19. (Foto: Paul Hennessy / SOPA Images)

SÃO LUÍS - Chegará ao Maranhão, nesta sexta-feira (14), o primeiro lote de vacinas para imunizar crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), este primeiro lote será de 50 mil doses do imunizante da Pfizer.

Leia também:

Saúde anuncia inclusão de crianças na vacinação contra Covid-19

Maranhão não vai exigir prescrição médica para vacinação de crianças contra a Covid-19

O avião que trará as vacinas tem previsão de chegada em São Luís às 11h35, no Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado. Segundo a SES, a distribuição vai iniciar para a Grande Ilha, ainda nesta sexta, e, a partir de sábado (15), para os demais municípios por via aérea e terrestre. A logística será a mesma utilizada para distribuição do imunizante para Covid-19 para os demais grupos.

Chegada dos imunizantes no Brasil

O primeiro lote de vacinas da Pfizer contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos chegou ao Brasil nessa nesta quinta-feira (13), em Campinas (SP).

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, concedeu entrevista coletiva sobre a chegada ao Brasil da remessa com 1,2 milhão de doses.

Segundo o Ministério da Saúde, durante o primeiro trimestre, devem chegar ao Brasil quase 20 milhões de doses pediátricas, destinadas ao público-alvo de 20,5 milhões de crianças.

Na semana passada, o ministério anunciou a inclusão das vacinas pediátricas no plano de operacionalização do Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Aprovação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, no dia 16 de dezembro de 2021, o uso da vacina produzida pelo consórcio Pfizer-BioNTech, a Comirnaty, contra a Covid-19 em crianças com idade de 5 a 11 anos.

“Com base na totalidade das evidências científicas disponíveis, a vacina Pfizer-BioNTech, quando administrada no esquema de duas doses em crianças de 5 a 11 anos de idade, pode ser eficaz na prevenção de doenças graves, potencialmente fatais ou condições que podem ser causadas pelo SARS-CoV-2”, disse Gustavo Mendes, gerente geral de Medicamentos da Anvisa, na época da aprovação.

Recomendações

A Anvisa divulgou, no início do mês, uma série de recomendações sobre a vacinação infantil. A agência sugere que a imunização ocorra em sala separada da de adultos e que a vacina não seja administrada no mesmo período de outras do calendário. Por precaução, é recomendado intervalo de 15 dias.

A Anvisa também recomenda que seja evitada a vacinação de crianças no esquema drive-thru (dentro do carro); que elas fiquem em observação no local por 20 minutos após receber a dose; e que os profissionais de saúde informem os pais sobre possíveis efeitos adversos do imunizante, como dor, inchaço no local da aplicação e febre.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.