Crime bárbaro

Nove suspeitos de torturar e matar pessoa com deficiência a pedradas são presos em Paço do Lumiar

Vítima fugiu de casa e foi parar em área dominada por facção criminosa, onde foi assassinada.
Imirante.com, com informações da Polícia Civil do Maranhão29/09/2021 às 10h51

PAÇO DO LUMIAR - Foi deflagrada, nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (29), uma operação que visa elucidar um crime de homicídio registrado no dia 23 de julho deste ano, nas proximidades da comunidade Vila Temer, região de Paço do Lumiar.

A operação, denominada "Volta Cessada", cumpriu nove mandados de prisão preventivas contra integrantes de uma facção criminosa em razão da prática dos crimes de homicídio qualificado, tortura, organização criminosa e ocultação de cadáver.

Vianey Ailton Chagas, de 23 anos, foi torturado e morto. Foto: Divulgação/Polícia.

Segundo as investigações, a vítima, Vianey Ailton Chagas, de 23 anos, que era deficiente mental, teria fugindo de sua casa, no residencial Novo Horizonte, também situado em Paço do Lumiar, quando entrou numa região dominada por facção criminosa.

A vítima foi impedida de sair da comunidade, sendo submetida a espancamentos e levada até um campo de futebol, no sítio de Seu Carneiro, situado na Vila Temer, onde foi torturada e morta brutalmente a pedradas.

Todas as prisões foram executadas em comunidades do município de São José de Ribamar por equipes de policiais civis do 21º Distrito Policial do bairro do Araçagi e Seccional Norte da Superintendência de Policia Civil da Capital (SPCC).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.