CoronaVac

Distribuição de doses de vacina contra a Covid-19 pelo Maranhão é iniciada

Ao Maranhão foram destinadas 164.240 doses da vacina CoronaVac.
Imirante.com, com informações do Governo do Maranhão19/01/2021 às 07h19
Doses da CoronaVac saem para distruibuição pelo Maranhão. Foto: Reprodução/TV Mirante.

SÃO LUÍS - Com a chegada das primeiras doses de vacina contra a Covid-19 ao Maranhão na noite dessa segunda-feira (18), o material começou a ser transportado para todos os municípios do Estado por três aviões, três helicópteros e 30 automóveis, por volta das 7h desta terça-feira (19).

O responsável pela distribuição dentro do Estado é o governo do Maranhão. Aos municípios cabe aplicar as vacinas. E o governo federal é o responsável por fornecer a vacina.

Ao Maranhão foram destinadas 123.040 doses da vacina CoronaVac, além de 41.200 já separadas para os indígenas do Estado, que totaliza 164.240 doses.

Leia mais:

Técnica de enfermagem é a primeira a receber vacina contra Covid-19 no MA

Maranhão deve receber mais de 160 mil doses da CoronaVac

Maranhão apresenta plano de vacinação contra a Covid-19

A estimativa é que a vacina esteja em todas as cidades do Maranhão até esta quarta-feira (20). São 2.124 salas de vacinação em todo o estado, sendo possível ampliar para 2.500.

Todo o transporte é acompanhado de escolta policial. A movimentação acontece em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e o Centro Tático Aéreo.

Por volta das 7h45, o governador do Maranhão, Flávio Dino, fez uma postagem em rede social sobre o transporte da vacina. Veja:

Públicos

Nesta primeira etapa, são vacinados os grupos determinados pelo Ministério da Saúde. Existem três fases nesta etapa. Na primeira fase, são trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais em asilos; população em situação de rua; população indígena, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

Na segunda fase, são os idosos de 60 a 74 anos. Na terceira fase, são pessoas com diabetes mellitus; hipertensão arterial grave; doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; e obesidade grave, com Índice de Massa Corporal igual ou maior que 40 (IMC≥40).

Matéria atualizada às 7h49

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.