Economia

São Luís apresenta aumento de 1% na inflação em setembro, segundo IBGE

A última vez que o IPCA de São Luís havia alcançado índice de preços que atingisse a casa do 1,0% ou mais foi em dezembro de 2019.
Imirante.com, com informações do IBGE09/10/2020 às 17h53
São Luís apresenta aumento de 1% na inflação em setembro, segundo IBGEAlimentação e bebidas foram os grupos que mais apresentaram aumento no índice de preços. (Foto: Agência Brasil)

SÃO LUÍS - O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no mês de setembro, em São Luís, registrou aumento de 1%. Os dados foram divulgados, nesta sexta-feira (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também:

Vendas no Maranhão aumentam 5,8 % no mês de agosto, revela IBGE

Os dados mostram que houve aceleração no aumento de preços em relação ao mês de agosto, quando foi registrada alta de 0,38%. A última vez que o IPCA de São Luís havia alcançado índice de preços que atingisse a casa do 1,0% ou mais foi em dezembro de 2019, quando a inflação na capital maranhense chegou ao patamar de 1,47%.

Em todas as 16 regiões pesquisadas pelo IBGE houve quadro inflacionário, sendo que a taxa de São Luís foi a quinta mais elevada. A maior inflação no mês de setembro foi observada em Campo Grande, com IPCA de 1,26%. A menor taxa de aumento de preços foi detectada na Região Metropolitana (RM) de Salvador, índice de 0,23%.

Grupos que mais tiveram aumento de preços

Segundo o IBGE, dos nove grupos de despesa pesquisados, seis apresentaram inflação em São Luís, com observação relevante para o grupo alimentação e bebidas, cuja elevação de preços atingiu a casa de 2,77%. Aumentos de preço também foram observados nos setores de transporte, habitação, artigos de residência, vestuário e, por último, comunicação. Dois grupos apresentaram deflação, saúde e cuidados pessoais e educação, mas ambos sem força suficiente para reverter e conter a formatação final do IPCA de São Luís, que foi de alta de preços: 1,0%. O grupo de despesa conhecido como despesas pessoais teve preços estabilizados no mês de setembro: 0,0%.

A inflação em São Luís foi puxada principalmente pelo aumento de preços no grupo alimentação e bebidas. Para a série histórica do IPCA da capital maranhense, iniciada em maio de 2018, a taxa de 2,77% no mês de setembro foi a segunda mais alta, superada apenas pelo IPCA de dezembro de 2019, quando houve aumento de preços na casa de 4,74%. Essa ocorrência no mês de setembro, em São Luís, fez com que a inflação acumulada no ano para o grupo alimentação e bebidas retomasse patamar de alta que se observou nos primeiros quatro meses do ano.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.