No Maranhão

População pode denunciar descumprimento de normas sanitárias no Maranhão

O cidadão pode enviar foto ou vídeo de situação de violação por meio de WhatsApp.
Neto Cordeiro/Imirante.com21/05/2020 às 16h46
População pode denunciar descumprimento de normas sanitárias no MaranhãoFlávio Dino falou sobre situação da pandemia e novas medidas durante coletiva. (Foto: Reprodução)

SÃO LUÍS - A participação popular vai dar apoio na fiscalização das normas sanitárias para o combate ao novo coronavírus no Maranhão. Durante entrevista coletiva, na tarde desta quinta-feira (21), o governador Flávio Dino pediu que cada um comunique qualquer tipo de violação das regras.

Foram disponibilizados os seguintes números de WhatsApp: (98) 99162-8274, (98) 98356-0374 e (98) 99970-0608. Por meio deste canal, o cidadão poderá enviar foto ou vídeo de qualquer situação que mostre o descumprimento das normas sanitárias, aqueles cuidados básicos que sabemos que devem ser respeitados, como uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos.

Leia também:

Aulas da rede de ensino do Maranhão devem ficar suspensas por mais 15 dias

“As pessoas podem tirar foto de uma violação, tanto faz se do empresário ou do consumidor”, disse o governador enfatizando que nem sempre é o proprietário do estabelecimento que viola as regras, mas também, há casos em que o descumprimento ocorre por parte do cliente.

Depois de recebido o registro, será feita a averiguação no estabelecimento citado com fiscais habilitados e, caso seja confirmada a violação das regras, será aplicada uma punição.

Comércio

O governador ratificou as normas para os estabelecimentos comerciais de pequeno porte, que terão a retomada gradual a partir do dia 25 de maio, obedecendo alguns critérios. Saiba mais aqui.

Contraste

Dino apontou finalizou a coletiva apontando um contraste sobre a situação da pandemia na Ilha de São Luís em relação a outras regiões do Estado.

“Temos uma tendência na ilha de estabilização, mas nas outras regiões do Estado é uma tendência ainda de ascensão”, disse.

Segundo o governador, parte dos leitos abertos na Grande São Luís já estão sendo ocupados por pacientes vindos do interior do Estado.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.