Coronavírus

Governo vai definir regiões do Maranhão que poderão afrouxar medidas de restrição

Governador Flávio Dino pediu, em pronunciamento, que os maranhenses evitem viajar na Semana Santa.
Imirante.com07/04/2020 às 12h12

SÃO LUÍS - O governo do Maranhão deve definir na próxima semana os próximos passos a serem dados com relação às medidas de restrição no Estado, que visam evitar a propagação do novo coronavírus.

Nesta terça-feira (7), subiu para oito o número de mortes pelo novo coronavírus no Maranhão. No total, são 204 casos confirmados de Covid-19 no Estado.

Em pronunciamento, nesta terça, o governador Flávio Dino explicou que sua equipe já estuda as últimas diretrizes repassadas pelo Ministério da Saúde sobre isolamento social e distanciamento. Ele deixou claro que o afrouxamento ou não das medidas de restrição vai depender dos números locais que estão sendo acompanhados dia após dia.

“Na próxima semana, à luz da realidade concreta, vamos definir os locais em que, eventualmente, será possível algum tipo de atenuação das medidas preventivas”, disse o governador, referindo-se ao fato de que as normas podem ser distintas entre uma região e outra do Estado.

“Se for necessário, vamos tornar ainda mais duras [as medidas de prevenção]”, acrescentou. Dino emitiu um ato restritivo sobre a saída de pessoas de São Luís, já que é a cidade com maior incidência da Covid-19. “A circulaçao de pessoas é um caminho de disseminação do coronavírus. Evitem viajar no período da Semana Santa. Façam este sacrifício”, pediu o governador.

Ele lembrou ainda que prefeitos de todos os municípios do Estado podem adotar medidas de prevenção em suas cidades.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.