Trânsito

Longos congestionamentos marcam a manhã desta terça-feira (10), em São Luís

A situação é reflexo de protesto de moradores, realizado na Av. Carlos Cunha, no bairro Jaracati.
Imirante.com10/09/2019 às 09h43
Avenida Colares Moreira, no bairro Renascença, como trânsito parado. (Foto: divulgação)

SÃO LUÍS - Uma manhã complicada no trânsito da capital maranhense, nesta terça-feira (10). Os reflexos do protesto logo cedo realizado por moradores do Jaracati, logo foram vistos pelas principais avenidas e ruas da cidade.

Saiba mais: Violência contra a mulher: agressores poderão ter que usar tornozeleira eletrônica

Trânsito parado na Av. Ana Jansen. (Foto: Imirante.com)

Quem precisa chegar no serviço, escola, faculdade e outros compromissos, precisa ter paciência. Um dos pontos que encontra-se parado é no trecho entre a saída da avenida Litorânea, avenida dos Holandeses, passando pela Ana Jansen, chegando até a avenida Rio Branco. Outro trecho complicado é na avenida Colares Moreira, no bairro Renascença, onde um congestionamento quilométrico pode ser visto, assim como na avenida Carlos Cunha, no Jaracati, onde o protesto aconteceu.

Transito em um dos sentidos da Av. Holandeses totalmente parado. (Foto: Imirante.com)

Motivo do protesto no Jaracati

Moradores da rua Um, do bairro Jaracati, onde um carro despencou matando quatro pessoas, protestam na manhã de hoje (10). Os manifestantes interditam a avenida Carlos Cunha, perto da Ponte Bandeira Tribuzzi, nos dois sentidos.

A Polícia Militar está no local, e o trânsito está congestionado. Os moradores pedem Justiça.

Os moradores se reunirão, ainda na manhã desta terça-feira (10), com o secretário municipal de trânsito e transporte, Canindé Barros, já na parte da tarde, a reunião será como secretário de Estado da Segurança Pública, Jeferson Portela.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.