Em Pedrinhas

Ex-marido é preso acusado de matar mulher às margens de linha férrea

O corpo de Maria Alzimar foi encontrado despido, amordaçado e com os braços amarrados.
Imirante.com27/08/2019 às 15h25

SÃO LUÍS – Nesta terça-feira (27), a Polícia Civil do Maranhão deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor de Guilherme Carvalho Borges. O homem é acusado de assassinar Maria Alzimar Ribeiro da Silva, cujo corpo foi encontrado despido, amordaçado e com os braços amarrados, às margens da linha férrea em Pedrinhas, na tarde do último dia 19 de agosto.

Maria Alzimar Ribeiro da Silva foi encontrada morta por trabalhadores que faziam a manutenção da linha férrea. / Foto: Divulgação.

Relembre o caso: Mulher é encontrada morta próximo à linha férrea, em Pedrinhas

As investigações do assassinato de Maria Alzimar ficaram a cargo do Departamento de Feminicídio, da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP). Após a realização de oitivas de testemunhas e análise de imagens de videomonitoramento, a equipe do Departamento chegou à autoria do crime.

Guilherme Carvalho Borges é ex-marido de Maria Alzimar. / Foto: Divulgação.

Segundo a Polícia Civil, Guilherme Carvalho Borges é ex-companheiro de Maria Alzimar, com a qual ele tinha dois filhos. As investigações apontam que Guilherme foi a última pessoa a ser vista na companhia de Maria Alzimar, em um bar. O local fica a poucos metros de onde o corpo da mulher foi encontrado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, as imagens de um posto de combustível, próximo ao local do crime, ajudaram a polícia a traçar uma linha do tempo em relação ao crime, chegando à indicação de que Guilherme é o autor do feminicídio. Além disso, durante as investigações, o homem chegou a ser ouvido pela polícia, entrando em contradição diversas vezes.

Guilherme Carvalho Borges está sendo interrogado na SHPP, depois ele será encaminhado ao Centro de Triagem de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.


Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.