Paralisação

Sindicato esclarece sobre greve dos rodoviários em São Luís

Segundo a entidade, em hipótese alguma, o objetivo da paralisação é causar qualquer tipo de transtorno a população.
Imirante.com, com informações da Assessoria13/12/2018 às 13h09
Sindicato esclarece sobre greve dos rodoviários em São LuísParalisação foi confirmada para próxima segunda-feira (17). ( Foto: De Jesus / O Estado)

SÃO LUÍS - Na próxima segunda-feira (17), o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, com o aval dos trabalhadores que atuam no transporte público de São Luís, deflagrará greve dos ônibus na capital. Segundo a entidade, em hipótese alguma, o objetivo da paralisação é causar qualquer tipo de transtorno a população, mas diante do descaso dos patrões e da prefeitura de São Luís, não nos resta outra alternativa.

Leia também:

Segundo sindicato dos rodoviários, há “desinteresse dos patrões em negociar”

Rodoviários retomam movimento grevista em São Luís

As negociações em torno da nova Convenção Coletiva de Trabalho, que é o documento que estabelece todos os direitos dos trabalhadores, se arrastam desde o mês de Agosto. O acordo deveria ter sido firmado em Setembro, mas até agora, não houve qualquer definição. Os patrões insistem em não oferecer reajuste salarial, nem no valor do ticket alimentação, querem ainda, que os Rodoviários arquem com 50% do valor do plano de saúde. Os patrões também pedem o fim do plano odontológico e a extinção da função de cobrador, o que causará centenas de demissões no sistema, isso mesmo pessoal, muitos pais e mães de família, correm o risco de perderem os empregos.

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão segue firme no posicionamento de não aceitar essa contraproposta dos empresários, que na avaliação da entidade, é um desrespeito e sem acordo, já que a classe patronal demonstra resistência em considerar a proposta dos trabalhadores, paralisar as atividades, é a nossa única opção. Além desse impasse, os Rodoviários sofrem constantemente com atrasos de salários e de outros benefícios que não são disponibilizados dentro do prazo estipulado, o que gera inúmeros transtornos, já que muitos motoristas e cobradores acabam enfrentando dificuldades financeiras ao longo do mês. Isso sem falar do décimo terceiro salário, que muitos trabalhadores, até hoje sequer, receberam a primeira parcela.

É importante ressaltar, que o Sindicato dos Rodoviários, até aqui, esteve presente em todas as reuniões marcadas e atendeu a todos os prazos pedidos, tanto pelos empresários, como também pela justiça e pela Prefeitura de São Luís, mas nenhuma solução foi dada. No dia 17 de Dezembro, vamos para as ruas e protestar. Afinal, são os nossos direitos, conquistados há anos, que estão em jogo e não podemos permitir que os patrões nos arranquem. Não é justo com a nossa classe, que atua numa atividade extremamente perigosa e estressante, passar por isso. Merecemos mais respeito!

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.