Tentativa de homicídio

Vigia esfaqueado no Socorrão I ainda será ouvido pela polícia

A Polícia Civil tem apenas 10 dias para concluir o flagrante e encaminhar para a Justiça.
Imirante.com, com informações da Mirante AM16/02/2018 às 16h14
Vigia esfaqueado no Socorrão I ainda será ouvido pela polícia

SÃO LUÍS – O vigia João dos Santos Bezerra, 43 anos, o qual foi esfaqueado por um assaltante dentro do Hospital Municipal Djalma Marques (Socorraõ I), deve ser ouvido nas próximas horas.

Relembre o caso

Pânico no Socorrão I: vigia é esfaqueado por assaltante dentro do hospital

Segundo o delegado Joviano Furtado, titular do 1º DP, que comanda as investigações, João dos Santos ainda está internado. E, caso o vigia não tenha condições de ir à delegacia prestar depoimento sobre a tentativa de homicídio que sofreu, ele deverá ser ouvido no hospital, pois a Polícia Civil tem apenas 10 dias para concluir o flagrante e encaminhar para a Justiça.

“Já foram ouvidas algumas testemunhas do caso e, com certeza, vamos conseguir concluir esse fato e enviar para a Justiça. Até porque temos imagens e várias testemunhas sobre o acontecimento, o qual em breve vai ser totalmente esclarecido”, explicou o delegado Joviano Furtado.

Entenda o caso

Na madruga dessa quinta-feira (15), um vigia de rua, identificado como João dos Santos Bezerra, foi esfaqueado no peito por um assaltante, identificado como Fábio Pires de Oliveira, de 38 anos, no corredor do Socorrão I, na frente dos pacientes.

Segundo a polícia, na quarta-feira (14), Fábio Pires havia cometido um furto nas imediações do Mercado Central e na madrugada de quinta ele retornou ao local, mas foi reconhecido pelo vigia. O criminoso, ao ser abordado por João dos Santos, fugiu e foi perseguido pelo vigia.

Durante a perseguição, Fábio invadiu o Socorrão I e chegou a travar uma luta corporal com João. Durante a briga, o assaltante conseguiu tomar a faca do vigia e o golpeou no peito.

Fábio Pires ainda tentou fugir, mas foi impedido pelas pessoas que estavam na unidade de saúde. Os policiais que estavam de plantão no hospital foram acionados e prenderam o criminoso em flagrante. Já o vigia, foi socorrido e submetido a uma cirurgia, ele não corre risco de morte.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.