Feira do Livro

Escritor Afonso Romano de Sant’Anna é atração nesta terça

Divulgação/Func 26/11/2012 às 09h42

SÃO LUÍS - Nesta terça-feira (27), a Feira do Livro de São Luís recebe o poeta, cronista, ensaísta e administrador cultural mineiro Afonso Romano de Sant’Anna. Ele estará no Auditório Quartocentenário, às 20h, falando sobre seus dois livros mais recentes “Ler o Mundo” e “Como andar no labirinto”.

Lançado pela Global Editora, “Ler o Mundo” trata-se de uma obra em que o autor, com base em sua experiência na área da cultura, se articula para ler o ontem e o hoje a partir do espaço brasileiro. Seu olhar se estende de Mulungu (PB) e Morro Reuter (RS) a Faxinal do Céu (PR), passando pela França, Colômbia, Egito, Alemanha, Nova York e Rússia, entre outros. Esta é uma obra em três níveis: a crônica, o ensaio e o depoimento histórico. Assinala-se logo que é também um trabalho transdisciplinar, já que estabelece as relações entre cinema e leitura, antropologia, religião, terapia, ecologia, política, tecnologia, educação, vida social, guerra, cultura e televisão, mas, sobretudo, a constatação de como a leitura modifica a vida das pessoas e das comunidades.

Já a obra “Como andar no labirinto” traz um apanhado de 65 crônicas lançadas em diversos veículos da imprensa. O tema central dos textos gira em torno de questionamentos levantados por pequenos atos do cotidiano. “Este livro tem muito a ver com o nosso tempo. Vivemos em um labirinto onde ninguém entende nada. No livro eu trato, de uma maneira mais jocosa, a questão do labirinto. A crônica é esse gênero que estabelece um diálogo momentâneo e rápido com o leitor. É uma forma de tratar temas mais densos, que abordo em ensaio de uma maneira mais light”, comenta o escritor.

"Às vezes, você perde vários poemas, porque sente uma frase, sente algo murmurado no seu espírito e não presta atenção porque está ocupado com os ruídos da vida. É necessário apurar o seu ouvido, ter a humildade de anotar a coisa mesmo quando ela não é muito boa. Pode, de repente, um texto meio nebuloso, meio esquisito, meio simplório demais, dar raiz a um poema posteriormente interessante", enfatiza Afonso.

Além dos livros, o escritor discutirá temas como processo de criação, ideias, livros, personagens e gêneros um bate-papo descontraído com o público. Afonso Romano já esteve em São Luís nos anos 2007 e 2008, participando de edições anteriores da Feira do Livro, inclusive acompanhado da esposa e, também, escritora Marina Colassanti.

Sobre o escritor

Affonso Romano nasceu em Belo Horizonte, em 1937, e é um dos grandes poetas, cronistas e ensaístas brasileiros da atualidade. É um caso raro de artista e intelectual que une a palavra à ação. Desde os anos 60 teve participação ativa nos movimentos que transformaram a poesia brasileira, interagindo com os grupos de vanguarda e construindo sua própria linguagem e trajetória. Com mais de quarenta obras publicas, recebeu algumas das principais comendas brasileiras, como: Ordem Rio Branco, Medalha Tiradentes, Medalha da Inconfidência e Medalha Santos Dummont.

6ª Feira do Livro

A Feira do Livro de São Luís segue com atividades até o dia 2 de dezembro, funcionando no horário das 13h às 21h, no Complexo Ceprama. Este ano, com tema “São Luís, 400 anos escrevendo nos livros a sua história”, traz também como escritores convidados: Ana Maria Brasil (28/11), Alexandre Azevedo (29/11), Francisco Seabra (30/11) e Ricardo Chacal (1/12).

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.