Feminicídio

Mulher é morta a golpes de faca na frente da filha na Região Metropolitana de São Luís

Vítima tinha 36 anos e foi identificada como Ederlene Ayres Lima; o principal suspeito do crime é Márcio Denis Ferreira Marques, de 40 anos, marido da vítima, que está foragido.
Imirante.com, com informações da TV Mirante23/08/2021 às 10h43
Mulher é morta a golpes de faca na frente da filha na Região Metropolitana de São LuísEderlene Ayres Lima e Márcio Denis Ferreira Marques. (Foto: Reprodução / TV Mirante)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR – Uma mulher foi morta a golpes de faca, na frente da filha, de apenas cinco anos, na madrugada desta segunda-feira (23), dentro da própria residência no bairro Jardim Tropical, em São José de Ribamar, Região Metropolitana de São Luís. A vítima tinha 36 anos e foi identificada como Ederlene Ayres Lima.

De acordo com informações da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), o principal suspeito do crime é o marido da vítima, identificado Márcio Denis Ferreira Marques, de 40 anos, que está foragido.

De acordo com o delegado Armado Pacheco, da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o crime aconteceu por volta das 3h desta segunda na Alameda São Francisco, situada no bairro Jardim Tropical.

“Por volta de três horas da madrugada nós fomos acionados pelo Ciops, o plantão de homicídios, e nós nos deslocamos até a Alameda São Francisco, no bairro Jardim Tropical, e lá constatamos o óbito da vítima. Chegamos na cena do crime e, de fato, o que se deu para apurar que a criança presenciou toda a cena, onde o marido agrediu a esposa com aproximadamente 12 perfurações à faca. A criança saiu na rua e começou a chorar, pedir socorro. Apareceram os vizinhos que foram até o imóvel e viram o que tinha acontecido”, relatou o delegado.

Ainda segundo o delegado, após o crime Márcio Denis fugiu em uma bicicleta. “A informação que nós colhemos lá no local é que ele fugiu assim que cometeu o crime e uma bicicleta que ele costumava usar não estava mais no local. Ele abandonou a faca que ele utilizou, ficou no local do crime, próximo onde ficava essa bicicleta guardada”, informou Márcio Denis Ferreira Marques.

O delegado Armando Pacheco revelou que, conforme os vizinhos do casal, Ederlene e Márcio discutiam constantemente, principalmente quando ingeriam bebida alcoólica. “As discussões entre o casal eram constantes. Ambos ingeriam constantemente bebida alcoólica e, inclusive, na companhia da criança. Certa ocorrência, há uns 15 dias, a Polícia Militar conduziu os pais e a criança para a delegacia do Jardim Tropical por estarem embriagados em um bar e na companhia de uma criança de cinco anos de idade. Todas as informações que nós colhemos, tanto no sistema como o que foi relatado pelos vizinhos vão nessa direção de que eles constantemente ingeriam bebida alcoólica e por conta disso brigavam muito e ele a agredia por diversas vezes, e apesar disso ela nunca registrou nenhuma ocorrência policial contra o companheiro por violência doméstica”, finalizou.

A SHPP segue investigando o caso. A polícia continua a procura de Márcio Denis Ferreira Marques, considerado o principal suspeito do crime. O corpo de Ederlene Ayres Lima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em São Luís.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.