Criminalidade

Motorista de táxi tem carro roubado e é feito refém na Grande São Luís

Suspeitos do crime foram presos pela Polícia Militar na MA-202; eles pretendiam realizar assaltos em bairros de São Luís usando carro roubado da vítima.
Imirante.com, com informações da PMMA29/01/2021 às 09h28
Motorista de táxi tem carro roubado e é feito refém na Grande São LuísMaterial apreendido com os suspeitos. (Foto: divulgação / PMMA)

PAÇO DO LUMIAR – A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) prendeu cinco suspeitos, na noite dessa terça-feira (28), que roubaram o carro de um motorista de táxi e mantiveram a vítima refém. A prisão dos suspeitos foi realizada na MA-202 (Estrada da Maioba), Região Metropolitana de São Luís.

Leia também:

Motorista de aplicativo narra assalto em São Luís: "Me jogaram na mala e me levaram 'pro' mato"

Motorista de aplicativo é alvo de assaltantes e trancado no porta-malas

Segundo informações da PM, durante ronda na MA-202, os policiais avistaram um táxi com os cinco elementos em atitude suspeita. Ainda de acordo com a polícia, foi realizada uma abordagem ao veículo e uma busca pessoal. Na ocasião, os militares encontraram com os suspeitos uma faca, um simulacro de arma de fogo e um objeto cortante.

A polícia informou que os suspeitos confessaram que pretendiam cometer assaltos em bairros de São Luís. Com relação a origem do veículo, os policiais descobriram que o proprietário, um taxista, estava sendo mantido refém no aeroporto velho da cidade de Raposa, na Região Metropolitana de São Luís. Posteriormente, a vítima refém foi libertada sem ferimentos.

Os suspeitos foram encaminhados e apresentados no Plantão Central do Cohatrac para os procedimentos legais.

Outros casos

Na noite do último domingo (24), um motorista de aplicativo foi feito refém, na zona rural de São Luís. Ele contou que fez uma corrida solicitada por uma mulher, que serviu apenas como “isca” de assaltantes.

Chegando a um determinado ponto, a passageira indicou como sendo seu local de destino: a rua da União, segundo conta o motorista. Naquele instante, o condutor do carro se deparou com quatro bandidos pulando um muro, portando revólver, faca e facão. Ele tentou escapar do bando, mas o susto com um disparo de arma de fogo não deixou. “Quando ele [criminoso] deu um tiro, eu bati, me espantei e acabei batendo o carro no muro (…) O outro veio com a faca ‘pra’ querer me furar, e eu só me esquivei”, detalha.

Em seguida, o motorista afirma que foi colocado no porta-malas do carro e levado para uma região de matagal, onde ficou amarrado e com a camisa cobrindo o rosto. “Me jogaram na mala e me levaram ‘pro’ mato do… lá pro lado do Tajaçuaba”, conta.

Os criminosos saíram dizendo que devolveriam o veículo a ele depois de fazerem assaltos e praticaram um homicídio. O motorista permaneceu no local sendo refém de apenas um dos bandidos.

Em Imperatriz

Já em Imperatriz, na região tocantina do Estado, também na noite dessa quinta-feira, um motorista de aplicativo foi alvo de assaltantes. Os três suspeitos anunciaram o assalto, após solicitarem a corrida no bairro Planalto.

O motorista foi trancado no porta-malas do veículo e libertado no bairro Bom Jesus, que fica em sentido oposto, distante do Centro de Imperatriz.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.