Cidades | Projeto

IFMA e Prefeitura de Imperatriz celebram convênio para preservação e recuperação de nascentes

Ação visa despertar o interesse na recuperação da vegetação nativa em áreas de preservação permanente de nascentes
30/08/2021 às 16h28
IFMA e Prefeitura de Imperatriz celebram convênio para preservação e recuperação de nascentesO projeto “Nascentes de Imperatriz” visa despertar o interesse na recuperação da vegetação nativa em áreas de preservação permanente de nascentes (Divulgação)

Imperatriz - A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semmarh), e o campus local do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), celebraram na manhã desta segunda-feira, 30, convênio de colaboração em ações de educação ambiental relativas ao desenvolvimento do projeto de preservação e recuperação de áreas de nascentes nos bairros e povoados do município. Assinatura ocorreu no Complexo Administrativo Doutor Carlos Gomes de Amorim, Rua Rafael de Almeida Ribeiro, 600, bairro São Salvador.

“É um projeto de grande importância por que são as nascentes que abastecem os riachos, córregos e cursos d’água, que por sua vez abastecem o rio Tocantins. Se não houver a proteção das nascentes, menor será a vazão de água disponível, os cursos d’água podem secar e a qualidade das águas será prejudicada, afetando todos os seres vivos que dependem dela para sobreviver”, destacou a secretária de Meio Ambiente, Rosa Arruda.

O projeto “Nascentes de Imperatriz” visa despertar o interesse na recuperação da vegetação nativa em áreas de preservação permanente de nascentes. Para tanto, estão sendo visitadas entidades na busca de produtores interessados na preservação de nascentes em suas propriedades.

De acordo com o professor da área ambiental do IFMA, Antonio José Dias Vieira, coordenador do projeto, ação só é possível por conta da predisposição dos produtores em preservar a natureza e que espera que mais produtores que possuam nascentes no município procurem a equipe de pesquisadores.

“Nas propriedades participantes é realizado um diagnostico do status de preservação das nascentes, por meio da analise da cobertura vegetal e qualidade da água, culminando com a proposta de ações de preservação ou enriquecimento vegetal do entorno da nascente. Atualmente duas propriedades assinaram o termo de participação do projeto”, enfatizou.

Algumas visitas já foram realizadas pelo Departamento de Educação Ambiental e Socioambiental da Semmarh em conjunto com o IFMA, em nascentes de propriedades privadas em Petrolina, Parque Santa Lúcia e Rancho Roxinol, na zona rural e urbana.

Durante os procedimentos são coletadas amostras para analises fisioquímica e microbiológica da água e de drone utilizado para a confecção de mapas utilizados para a caracterização e acompanhamento da recuperação do meio físico da área da nascente. O agente fomentador do projeto é a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), e como executores e investidores de recursos a Prefeitura de Imperatriz; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, IFMA, Campus Imperatriz; e Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão, UemaSul.

As nascentes são pontos onde a água verte através da superfície do solo, também conhecidas como olho d'água, cabeceira ou fonte. A água doce pode ser considerada o elemento mais precioso da vida na Terra, satisfazendo todas as necessidades básicas dos seres humanos, dentre elas a saúde, a produção de alimentos e a permanência dos ecossistemas. Esta importância, associada à grande possibilidade de sua escassez, faz com que a conservação e a recuperação das nascentes de água sejam instrumentos essenciais para a manutenção e qualidade de vida de todos, inclusive das futuras gerações em nosso planeta.

SAIBA MAIS

Interessados podem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, através do e-mail: semmarh@imperatriz.ma.gov.br, e o fone (99) 99218 – 4275, e com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, Ifma, via e-mail: antonio.vieira@ifma.edu.br, ou pelo fone (99) 98860-2665.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte