Geral | Crime financeiro

BC reteve 478 cédulas falsificadas no Maranhão entre 2019 e 2020

Notas mais visadas pelos golpistas são as de R$ 100 e de R$ 50, da segunda família do Real; apreensão ocorrida ano passado levou a PF a investigar organização criminosa
Daniel Matos / O Estado15/07/2021 às 00h00

São Luís - O Banco Central do Brasil reteve 478 cédulas de Real falsificadas no Maranhão, entre 2019 e 2020. As notas que mais estão na mira dos falsificadores são as de R$ 100 e R$ 50, da segunda família, em circulação desde dezembro 2010. A última grande apreensão de moeda falsa registrada no estado, o 16º em número de ocorrências dessa natureza no país, ocorreu em abril do ano passado, no município de Porto Franco, e levou a Polícia Federal a investigar indícios da atuação de uma organização criminosa especializada em falsificação de moeda na Região Metropolitana.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte