O Mundo | Crime

Após assassinato do presidente, Haiti declara estado de emergência

Assassinato, que foi repudiado pelos Estados Unidos e por países latino-americanos vizinhos, coincidiu com episódios de violência de gangues em Porto Príncipe
07/07/2021 às 22h12

Porto Príncipe - O presidente do Haiti, Jovenel Moise, foi morto a tiros por agressores não identificados em sua residência particular de madrugada, um "ato bárbaro", disse o governo nesta quarta-feira, o que provoca temores de tumultos crescentes na nação caribenha empobrecida.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte