O País | Pandemia

Brasil registra 1.119 mortes em 24h e se aproxima de 475 mil vítimas de covid-19

A média móvel de mortes, que considera dados dos últimos sete dias, ficou em 1.664, número é 9% menor na comparação com 14 dias atrás
Estadão Conteúdo 07/06/2021 às 20h25
Brasil registra 1.119 mortes em 24h e se aproxima de 475 mil vítimas de covid-19Micrografia eletrônica de varredura colorida de uma célula fortemente infectada com partículas do vírus SARS-CoV-2 (NIAID)

SÃO PAULO - O Brasil registrou 1.119 novos óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, o total de vítimas em toda a pandemia chegou a 474.614 nesta segunda-feira, 7.

A média móvel de mortes, que considera dados dos últimos sete dias, ficou em 1.664, número é 9% menor na comparação com 14 dias atrás. Apesar da tendência de queda, trata-se do mesmo patamar de março, quando o País iniciava a fase mais aguda da pandemia e desde então passou a manter a média diária de vítimas acima de 1,5 mil.

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 39.712 novos casos, o que fez o total chegar a 16.985.812. A média diária de testes positivos ficou em 62.591, ou 5% a menos na comparação com duas semanas atrás. Segundo o Ministério da Saúde, o País tem 15.408 401 pessoas recuperadas e 1.101.403 em recuperação.

Os dados diários do Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h.

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte