Política | Crise

Rosário tem protesto após nova cassação de prefeito; TJ derruba sessão

Manifestação foi convocada após a Câmara cassar novamente o prefeito Calvet Filho, dando posse à vice, Cláudia Angeles (PT), que ficou pouco mais de uma hora no cargo
02/06/2021 às 21h31
Rosário tem protesto após nova cassação de prefeito; TJ derruba sessãoCalvet Filho já havia sido afastado do cargo de prefeito de Rosário pela Câmara, em maio (Reprodução)

São Luís - A cidade de Rosário foi palco, na noite desta quarta-feira (2), de um forte protesto em frente à Câmara Municipal, logo após uma segunda cassação do prefeito eleito da cidade, Calvet Filho (PSC).

Várias pessoas reuniram-se em frente ao Legislativo municipal e atiraram ovos contra o prédio. A Polícia Militar foi acionada para conter o ato. A manifestação foi convocada após a Câmara cassar novamente o prefeito, dando posse à vice, Cláudia Angeles (PT).

A petista, contudo, passou pouco mais de uma hora no cargo, porque uma decisão do desembargador Marcelo Carvalho, do Tribunal de Justiça, tornou sem efeito a sessão da Câmara que depôs o gestor eleito do cargo.

Segundo caso

Calvet Filho já havia sido afastado do posto de prefeito de Rosário pela Câmara, em maio. Dias depois , contudo, a juíza Karine Lopes de Castro, titular da 1ª Vara da Comarca de Rosário, determinou o seu retorno ao cargo.

Em seu despacho, a magistrada deu razão aos três principais argumentos da defesa: de que os vereadores descumpriram o rito regimental ao dar um único voto, cada, para todas as acusações contra o gestor; ao votar nominalmente, quando a votação deveria ser secreta; e ao se permitir que o presidente votasse mesmo sem ter havido necessidade de voto de minerva – o que acabou contribuindo para que se chegasse aos 2/3 de votos exigidos para a cassação.

A decisão foi posteriormente mantida por Marcelo Carvalho, o mesmo desembargador que, na quarta-feira, determinou a suspensão da nova sessão da Câmara que mais uma vez cassou Calvet Filho. Com o despacho, o prefeito eleito segue no comando do Município.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte