Cidades | Imunização

MA: mais de 442.600 doses de vacinas contra a Covid-19 ainda não aplicadas

Segundo dados da SES, o estado recebeu 1.723.590 doses de vacinas contra o novo coronavírus e, do total, 1.488.828 já foram distribuídas e 1.280.930 devidamente aplicadas
04/05/2021
MA: mais de 442.600 doses de vacinas contra a Covid-19 ainda não aplicadasAinda há mais de 440 mil doses de vacina contra a covid não aplicadas no Maranhão (Paulo Soares / O Estado)

São Luís - Mais de 442 mil e 600 doses de vacinas contra o novo coronavírus, de um total de 1.723.590 recebidas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), ainda não foram aplicadas na população maranhense. A informação foi repassada na tarde desta segunda-feira, 3 pelo órgão. De acordo com a pasta, deste total, 1.488.828 doses já foram distribuídas e 1.280.930 já foram aplicadas.

A SES informou que iniciou, no último sábado, a distribuição das vacinas AstraZeneca e CoronaVac aos municípios maranhenses. Os imunizantes são referentes à décima quinta pauta de distribuição, com 126.400 doses de vacinas, sendo 2.400 de CoronaVac e 124.000 de AstraZeneca, recebida pelo Maranhão na última sexta-feira, 30. Antes da distribuição, a Secretaria mantém as doses armazenadas na Central Estadual da Rede de Frio.

A SES reforçou que somente os municípios que alcançarem 70% do público-alvo vacinado podem receber as novas doses. Segundo balanço do Ministério da Saúde, considerando essa nova carga de distribuição de vacinas para os estados, foram disponibilizados, por meio de fabricação no país ou importação, 17,1 milhões de doses em um intervalo de seis dias, contando a partir do dia 28 de abril. Nesse dia, o Ministério recebeu 5,2 milhões.

No dia 29, chegou ao Brasil 1 milhão de doses da Pfizer. No dia 30, foram entregues 6,5 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), além de 420 mil da vacina CoronaVac, parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac.

Casos
No último domingo, 2, o Maranhão registrou 85 novos casos de Covid-19. Mesmo com a redução no número de novos contaminados, a taxa de ocupação de leitos na Ilha ainda é alta. Dos leitos de UTI disponíveis, 88,56% estão ocupados.

Com referência aos leitos clínicos, a taxa de ocupação é de 80,66%. No interior do Maranhão, o percentual é menor. Em Imperatriz, 59,72% dos leitos de UTI estão ocupados e 36,08% de ocupação em leitos clínicos. Nas demais regiões do estado, 55,97% dos leitos de UTI estão sendo usados e 31,93% dos leitos clínicos estão ocupados.

A alta nos percentuais de ocupação pode estar relacionada ao não cumprimento dos protocolos sanitários, ou seja, um desrespeito que se observa praticamente em todo o Brasil. No último fim de semana, houve registro de aglomerações intensas em estados como Rio de Janeiro e São Paulo, onde houve manifestações pró-governo Bolsonaro. Em São Luís, as praias da região metropolitana também registraram grande movimentação de banhistas.

Vacinas no Maranhão

1.723.590 é o número de doses de vacinas recebidas até agora

1.488.828 é o número de doses distribuídas aos municípios
1.280.930 é o quantitativo de doses aplicadas na população maranhense
442.660 é o número de doses a serem aplicadas do total de recebidas

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte