Geral | Fique por dentro

Entenda como funciona o roubo de criptomoedas e como se defender

Esse tipo de ataque na internet vem crescendo, alertam especialistas da Apura, empresa referência em cibersegurança, que explicam o modus operandi de tais investidas
02/05/2021 às 08h47

Curitiba - Os ciberataques envolvendo criptomoedas – como as bitcoins, a mais famosa delas – se tornaram mais recorrentes durante a pandemia de Covid-19 e devem estar no foco das atenções de corporações de segurança cibernética, governos e sociedade em 2021. O primeiro passo é compreender o modus operandi desse tipo de investida, para saber como se prevenir e se defender.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte