Política | Eleições 2022

Zé Reinaldo diz que Brandão deve ser o nome escolhido por Dino em 2022

Em entrevista a rádio Mirante AM, ex-governador opinou sobre a sucessão estadual, claro, apontando seu aliado, o atual vice-governador Carlos Brandão, como candidato de Flávio Dino
Gilberto Léda/ Da editoria de Política28/04/2021 às 13h07
Zé Reinaldo diz que Brandão deve ser o nome escolhido por Dino em 2022Zé Reinaldo Tavares se reaproximou de Flávio Dino e assumiu cargo no governo estadual (Divulgação)

O ex-governador do Maranhão José Reinaldo Tavares (PSDB) destacou nesta quarta-feira, 28, em entrevista ao programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, que acredita na escolha do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) como candidato ao governo do Maranhão do grupo do governador Flávio Dino (PCdoB) em 2022.

Segundo ele, deve pesar a favor do tucano o aspecto “continuidade”, já que o vice conta com a confiança do atual chefe do Executivo estadual.

"O governador tem dito que vai fazer o possível e o impossível para juntar o grupo todo em torno de seu candidato, o candidato que ele escolher. Eu acho que aí pesa muito para o governador a continuidade. Quem conhece os projetos a fundo, que o governador vem tocando é o Carlos Brandão, que participa de tudo, inaugura muita coisa do governador, tem a confiança irrestrita. Basta ver que ele foi escolhido duas vezes, vice-governador, de forma que a continuidade é uma coisa muito forte para o governador", afirmou.

Zé Reinaldo também comentou o anúncio de que ele integrará a equipe do governo Dino, como diretor de Relações Institucionais do Porto do Itaqui. Para ele, o convite foi uma “surpresa” e disse apoiar a decisão da também ex-governadora Roseana Sarney de retornar à política.

"Foi uma surpresa muito boa para mim. Eu recebi aqui um emissário do governador me convidando para participar do governo. Foi um gesto que me tocou muito. Eu acredito que política não pode afastar as pessoas que têm o mesmo pensamento, o desenvolvimento do Maranhão, de forma que eu fiquei muito sensibilizado com o convite do governador e disse isso a ele, que eu estava pronto para ajudar, de forma que eu apenas atendi o convite de uma pessoa que quer o bem do estado. É o que eu também quero. E para trabalhar nesse sentido, pode contar comigo", disse.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte