Geral | Pesquisa

Para 85% dos brasileiros a pandemia intensificou a consciência ambiental

De acordo com o estudo global, a pandemia fez com que milhões de pessoas mudassem seus comportamentos e se tornassem mais cientes sobre o meio ambiente
22/04/2021 às 14h24
Para 85% dos brasileiros a pandemia intensificou a consciência ambiental. (Divulgação)

São Paulo - Uma nova pesquisa global sobre o desenvolvimento sustentável, encomendada pela Mastercard, revelou que a pandemia da Covid-19 alavancou a consciência ambiental de consumidores em todo o mundo, resultando em mudanças significativas em sua atenção quanto aos efeitos gerados por suas ações e hábitos de consumo no planeta.

Segundo o levantamento, 85% dos brasileiros estão mais conscientes quanto ao seu impacto no meio ambiente desde o início da pandemia, um dos principais impulsionadores dessa expansão são as redes sociais. Mais de um quarto dos brasileiros (28%) estão acompanhando de perto todas as mudanças climáticas que vêm acontecendo globalmente a partir de notícias e conteúdos gerados em suas redes, 75% dos entrevistados afirmaram que reduzir suas emissões de carbono é uma tarefa mais importante agora, do que antes da pandemia.

Mais da metade dos brasileiros, afirmou que agora dão mais valor às marcas que se comportam de forma mais sustentável, e 84% declararam que, mais do que nunca, é de extrema relevância para as companhias atuarem de forma sustentável.

Quando questionados sobre os três principais tópicos que deveriam ser endereçados pelas marcas 48% mencionaram que a diminuição do desperdício está nas prioridades, seguidos por 43% que apontaram a redução da poluição do ar e da água. Outros 25% afirmaram que o foco deve ser no combate da poluição consequente ao uso do plástico.

Mudanças no comportamento
A pesquisa revelou também que, em 2021, 56% dos brasileiros planejam fazer mais pausas para momentos que os permitam apreciar a natureza, e 55% estão planejando reciclar mais, uma tendência que está sendo impulsionada por mais mulheres do que homens. Além disso, metade dos brasileiros entrevistados também começou a praticar atividades físicas para ajudar a melhorar seu bem-estar.

Ainda na pesquisa, 20% dos entrevistados brasileiros disseram que o ativismo digital os encorajou a tomar decisões melhores e mais conscientes, 35% afirmam ter apoiado pelo menos uma campanha ambiental nas mídias sociais, com mais de 17% tendo participado de abaixo-assinados para defender as questões das mudanças climáticas pela primeira vez desde a pandemia.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte