O Mundo | Reformas judiciais

Príncipe herdeiro saudita quer melhorar sua imagem com Biden

A medida foi acompanhada do cancelamento da pena de morte para três jovens xiitas e da libertação provisória de dois presos político
13/02/2021

DUBAI - O príncipe Mohamed Bin Salmán, herdeiro e governante da Arábia Saudita, anunciou a aprovação de importantes reformas jurídicas para este ano, “a fim de melhorar a eficácia e integridade do Judiciário”. Poucos dias antes, os juízes anularam a pena de morte de três jovens xiitas e libertaram dois prisioneiros políticos com dupla nacionalidade, saudita e americana. Embora diferentes, essas medidas apontam para uma tentativa de reparar a imagem do reino após a chegada à Casa Branca de Joe Biden, que prometeu considerar os direitos humanos em sua política externa.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte