Política | Anúncio

Eduardo Braide assegura criação da Secretaria da Pessoa com Deficiência

Prefeito eleito de São Luís reafirmou compromisso de campanha ontem, data em que se comemorou o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência; gestão dele será iniciada em janeiro de 2021
Ronaldo Rocha/Da Editoria de Política04/12/2020
Eduardo Braide assegura criação da Secretaria da Pessoa com DeficiênciaBraide usou as redes sociais para fazer o anúncio de nova secretaria (Kayo Sousa)

O prefeito eleito Eduardo Braide (Podemos) reafirmou ontem compromisso de campanha e assegurou a criação da Secretaria da Pessoa com Deficiência na estrutura do Executivo Municipal.

Em seu perfil em rede social, Braide afirmou que durante a sua gestão, que será iniciada em janeiro de 2021, São Luís será uma cidade inclusiva.

“3 de dezembro. No Dia Internacional das Pessoas com Deficiência reafirmo meu compromisso: a partir do ano que vem, São Luís terá a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. A nossa cidade será inclusive”, escreveu.

A proposta consta na página 12 do seu Plano de Governo, apresentado à Justiça Eleitoral na ocasião do registro de candidatura.

Fundo Municipal

No programa de governo, o prefeito eleito também prometeu implantar a Coordenadoria Municipal de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência; o Centro de Referência da Pessoa com Deficiência (CRPD); regulamentar o Fundo do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Investir na requalificação de calçadas e passeios públicos, tornando-os acessíveis e garantindo plena mobilidade aos cidadãos com e sem deficiência.

Braide também promete promover o fortalecimento e a consolidação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) do município.

No programa de governo, logo abaixo da proposta de criação da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, o prefeito eleito prometeu implantar o Plano Municipal da Primeira Infância; desenvolver políticas públicas voltadas para a mulher e também para o idoso na capital.

“Consolidar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) como espaços destinados à oferta de serviços e desenvolvimento de ações de prevenção às situações de violação de direitos, fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários e apoio a família no desempenho de suas funções; elaborar o diagnóstico socioterritorial para estabelecer estratégias adequadas de enfrentamento da vulnerabilidade das famílias e para monitoramento das políticas sociais; implantar políticas públicas municipais de ações afirmativas, destinadas à promoção da igualdade racial e contra qualquer tipo de discriminação”, destaca trecho do plano de governo.

Mais

Transição

O prefeito eleito Eduardo Braide anunciou na última terça-feira o nome do coordenador da sua equipe de transição. Trata-se do advogado Enéas Garcia Fernandes Neto. Ele será o responsável por colher dados a respeito da situação financeira, econômica e fiscal do Município, que a partir de janeiro de 2021 será comandado por Braide. Até o fechamento desta edição, os demais nomes do colegiado ainda não haviam sido confirmados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte