Segurança

Comprar na Black Friday exige atenção redobrada, alerta empresa

Empresa alerta para compras online e destaca Certificado Digital como maior aliado na segurança em e-commerce

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h18
54% dos brasileiros dizem que vão comprar algo no dia 27 de novembro
54% dos brasileiros dizem que vão comprar algo no dia 27 de novembro (Black friday online)

SÃO LUÍS - Se você é um dos milhares de consumidores que pretende aproveitar a Black Friday 2020, fique atento a alguns itens que podem fazer a diferença na hora das compras online, entre elas o mais importante é a segurança com Certificado Digital e ofertas tentadoras com promoções falsas em sites fraudulentos.

Seis a cada dez consumidores estão aguardando a Black Friday para adquirir um produto. A expectativa do comércio é de que a data impulsione as vendas, mas a redução da renda das famílias, provocada pela pandemia do coronavírus, deve causar reflexos no setor: neste ano, 54% dos brasileiros dizem que vão comprar algo no dia 27 de novembro, o que significa uma queda de oito pontos percentuais em relação a 2019, de acordo com uma pesquisa encomendada pelo Google e realizada pela Provokers.

Com a pandemia e as recomendações de distanciamento social, o meio online ganhou ainda mais força, e 40% dos consumidores pretendem comprar apenas pela internet, um aumento de 7% em relação ao ano passado, mas você precisa ficar ligado para não esbarrar em golpes e entrar numa fria, assim uma das melhores formas de conferir segurança a essas páginas é por meio do Certificado SSL. “Hoje o Certificado Digital é uma ferramenta importante para quem deseja comprar em sites seguros, que também impossibilita o vazamento dos dados cadastrados”, afirma Paulo Dutra, sócio proprietário da empresa AR Digital, empresa que emite certificados digitais também para sites.

Um dos fatores que mais influenciam o consumidor na hora de comprar online é a sensação de segurança. É claro que sites conhecidos, como Amazon, Americanas, Ponto Frio e outros, têm essa confiança dos consumidores mais facilmente por conta do tamanho e relevância. Porém, sites menores também podem oferecer garantias para deixar os clientes mais confortáveis.

Os sites que não têm esse Certificado são marcados como “não seguros” e têm isso estampado na barra de endereços. Além disso, perdem pontos para ranquear nos principais mecanismos de busca e gerar potenciais clientes. Assim, cuidados devem ser dobrados no dia da Black Friday, de forma a evitar sites falsos e fraudes. "Se não possuir um selo com certificado Digital SSL, desconfie. Nesta época aumentam as fraudes e o número de hackers que fazem páginas falsas para captar informações de pagamento dos consumidores, é bom ter atenção", conclui Paulo Dutra.

Dicas de compras online

- Procure no site informações como razão social, CNPJ, endereço, telefone, e-mail. Tenha cuidado se o site exibir apenas um celular como forma de contato.

- Pergunte a seus amigos, vó, tia, amigo do seu amigo se eles conhecem a loja ou se já compraram lá e caso a resposta seja positiva, o que acharam da experiência. Você pode ver a opinião de outros consumidores nas redes sociais e em sites como Reclame Aqui e Buscapé.

- Verifique se a página possui Selo de Segurança. Ele atesta que o site é confiável para transações e inserções de dados; se sim, clique sobre o Selo de Segurança, que geralmente fica no rodapé da página, e verifique se o Certificado Digital foi emitido para o mesmo endereço web em que você está.

- Veja se existe um cadeado fechado na barra do navegador, observe se aparece a letra ”S” no endereço do site, ou seja, HTTPS.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.