Geral | Imunizante

Bolsonaro volta a considerar compra de vacina desenvolvida na China

Segundo fontes próximas ao presidente, Bolsonaro já assume a ideia de comprar o imunizante caso seja o primeiro aprovado pela Anvisa
04/11/2020

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro, que há duas semanas posicionou-se contra a possibilidade de distribuir aos brasileiros a vacina CoronaVac, produzida pela chinesa Sinovac, pode ter mudado de opinião. De acordo com a colunista Bela Megale, do Globo, o presidente já assume a possibilidade comprar o imunizante caso ele seja o primeiro a ser autorizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

Assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte