Eleições 2020

Maranhão tem três candidatos que usam nome social nas eleições

Número ainda é considerado baixo em relação ao total de candidaturas no estado

José Linhares Jr

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h18
O uso do nome social nas eleições é considerado um avanço na inclusão da comunidade LGBT na democracia
O uso do nome social nas eleições é considerado um avanço na inclusão da comunidade LGBT na democracia (nome social)

SÃO LUÍS - Dados do Tribunal Superior Eleitoral mostram que entre os 20.791 pedidos de candidatura no Maranhão, apenas três pessoas solicitaram o reconhecimento pelo nome social no dia da eleição. Nome social é o nome pelo qual transexuais, travestis e alguns membros da comunidade LGBT preferem ser chamadas no dia a dia.

Os candidatos são oriundos de Santa Helena, Santana do Maranhão e Timon. Os três possuem nomes femininos em seus registros, mas preferiram ser chamados por nomes sociais masculinos nas eleições.

Os três disputam as eleições de vereador por PSD, PT e Solidariedade. Em Santa Helena disputa Ray Cabelereiro, em Timon o candidato é Piu e em Santana do Maranhão concorre Miguel da Palmeira.

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.